Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Editorial

15 de Março de 2021 as 22:03:25



EDITORIAL - À Investida Conservadora, Papa Francisco faz do Limão uma Limonada


Papa Francisco (imagem de arquivo)
EDITORIAL
À Investida conservadora,
Papa Francisco faz do limão uma limonada.
 
O Vaticano, nesta 2ª feira, 15.03.2021, declarou que padres e ministros da Igreja Católica não podem abençoar uniões homoafetivas; e que, perante o Código Canônico, tais bençãos são ilícitas, caso realizadas. 
 
Houve um fator que desencadeou esse posicionamento papal. Paróquias teriam feito consultas ao Vaticano sobre o pedido de católicos que as procuraram para concessão de benção, para realização de casamento homoafetivos.
 
A Congregação para a Doutrina da Fé, responsável institucionalmente pela análise de questões relativas à doutrina, à fé e à moral católica, manisfestou-se negativamente ao pleito e levou seu relatório ao Papa Francisco para confirmação ... para forçar um posicionamento: um grande vespeiro.
 
O papa Francisco encontra-se sob formidável fogo cerrado dos setores mais conservadores da Igreja Católica, segmentos que têm, no mínimo, penso, articulado sua destituição.
 
Os cardeais do corpo permanente do Vaticano, "donos" da Igreja, e a turba ultra-direitista da igreja Católica da Espanha não acolheram de bom grado a eleição do papa progressista da América Latina e, mais precisamente, não acolheram sua disposição de impor auditoria financeira e de processos no Banco do Vaticano e ali implantar pontos de controle e de governança corporativa, reconhecidos publicamente enriquecimento ilícito de alguns cardeais, grande corrupção e desvios de recursos, além de desvios ... comportamentais.
 
Isso é algo tão sério, que desde sua posse o Papa Francisco não faz uso de aposentos papais no Vaticano, mas hospeda-se na casa Santa Marta, um prédio à parte situado na ala sul do Vaticano. Cerca de 60 pessoas ali residem, entre funcionários do próprio Vaticano, padres e freiras, convidados e clérigos de vários países, em trânsito por Roma. Ali o Papa Francisco tem instalações sóbrias e confortáveis, ali repousa e faz suas refeições, tem companhia permanentemente e não fica sozinho. Conta com a guarda papal mais próxima nessa instalação menor e mais facilmente monitorável, sabedor do perfil conspiratório do reino que o cerca.
 
Todo esse cuidado é porque há uma guerra em curso no Vaticano, que envolve milhões de dólares do Banco do Vaticano, a gestão de recursos milionários para administração e manutenção do gigantesco patrimônio. Envolve, também, a resistência ao desmoronamento do estilo de vida de grandes de autoridades clericais. Privilégios, benefícios difíceis de serem identificados e suprimidos.
 
À Congregação para a Doutrina da Fé cabe o papel de promover e salvaguardar a doutrina sobre a fé e a moral católica em todo o mundo. E o dogma seguido institucionalmente há séculos é o de que casamento compreende a proliferação da espécie, algo possível exclusivamente entre um homem e uma mulher.
 
Na perspectiva do Papa Francisco, a união homoafetiva, embora possa envolver amor, cuidado, humanidade e respeito, esbarra na exigência da  heterosexualidade para ser entendida como casamento, na ascepção católica. 
 
No quadro bélico em curso no Vaticano, a investida da Congregação para a Doutrina da Fé, ao levar-lhe a consulta das diversas paróquias sobre a legalidade canônica do casamento homoafetivo, abriria uma nova frente de desgastante combate, inadequada a alguem aos 84 anos, com saúde debilitada e com outras também importantes e muito difíceis frentes de combate a administrar. 
 
Assim, coube ao Papa Francisco entregar os aneis para não perder os dedos, os braços e, talvez, a vida, seja pelo desgaste físico da luta, seja por eventual atentado. Caso se manifestasse favoravelmente às bençãos aos casais homosexuais alimentaria as forças organizadas para sua destituição ... otimisticamente.
 
Mas, ao se manifestar desfavoravelmente, o Papa ganha tempo para prosseguir sua batalha contra a corrupção e em favor da reorganização do Vaticano. Ganhou fôlego para prosseguir o enquadramento criminal da pedofilia na Igreja Católica, a destituição de cardeais e clárigos corruptos e o combate ao uso de serviços de prostituição ao alto clero do Vaticano. E, mais importante ainda, o Papa Francisco se fortalece para prosseguir a crítica e as ações contra injustiças sociais do sistema capitalista.
 
Contudo, cabe observar o detalhe pessoal impresso pelo Papa Francisco em sua manifestação a respeito. O Papa Francisco fala que a negativa de bençãos aos casamentos homossexuais "não pretende ser uma forma de discriminação injusta, mas antes um lembrete da verdade do rito litúrgico".
 
Isso quer dizer que o Papa Francisco confirma o acolhimento de homossexuais nos cultos religiosos católicos e em todos os demais seis sacramentos da Igreja Católica: Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Reconciliação ou Penitência, Unção de Enfermos e Ordem clerical.
 
Sim, confirma a participação de homossexuais nos rituais do catolicismo e abre as portas da Igreja Católica a todos os homossexuais, sem preconceito da comunidade, mas com respeito e compreensão, perdão, afeto e amor, tal como a todos os heterosexuais. O Papa Francisco transforma isso tudo em uma norma.


Fonte: DA REDAÇÃO JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
EDITORIAL - A propósito da Greve dos Caminhoneiros 19/05/2021
EDITORIAL - A propósito da Greve dos Caminhoneiros
 
EDITORIAL - ANVISA aplica dois pesos e duas medidas na análise e aprovação da vacina russa SPUTNIK V 19/04/2021
EDITORIAL - ANVISA aplica dois pesos e duas medidas na análise e aprovação da vacina russa SPUTNIK V
 
EDITORIAL - Loucura e Irresponsabilidade, Escolas do Rio reiniciam hoje Aulas Presenciais 07/04/2021
EDITORIAL - Loucura e Irresponsabilidade, Escolas do Rio reiniciam hoje Aulas Presenciais
 
INDICADORES permitiriam processar Bolsonaro por Crime contra a Humanidade 30/03/2021
INDICADORES permitiriam processar Bolsonaro por Crime contra a Humanidade
 
SPUTNIK V - Anvisa suspende prazo de análise da Vacina 28/03/2021
SPUTNIK V - Anvisa suspende prazo de análise da Vacina
 
EDITORIAL Presidente muda retórica na Véspera de o Brasil completar 300 mil mortes sob sua responsabilidade 24/03/2021
EDITORIAL Presidente muda retórica na Véspera de o Brasil completar 300 mil mortes sob sua responsabilidade
 
EDITORIAL - Retórica belicista de BIDEN e a resposta de PUTIN ao Ataque Pessoal 20/03/2021
EDITORIAL - Retórica belicista de BIDEN e a resposta de PUTIN ao Ataque Pessoal
 
EDITORIAL - À Investida Conservadora, Papa Francisco faz do Limão uma Limonada 15/03/2021
EDITORIAL - À Investida Conservadora, Papa Francisco faz do Limão uma Limonada
 
EDITORIAL- J' ACCUSE: A Escalada das Mortes tem Autor e Líder Macabro 15/03/2021
EDITORIAL- J' ACCUSE: A Escalada das Mortes tem Autor e Líder Macabro
 
EDITORIAL - Bolsonaro ficou Fraco ? Quem viver verá. 24/02/2021
EDITORIAL - Bolsonaro ficou Fraco ? Quem viver verá.
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites