Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

10 de Setembro de 2019 as 14:09:07



NOVO PGR SubProcurador Aras reune-se com lideres do Senado



Augusto Aras participa hoje de reunião com líderes do Senado
 
Convite foi feito pelo presidente Davi Alcolumbre
 
O subprocurador da República Augusto Aras, indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, à vaga de procurador-geral da República, participa nesta 3ª feira, 10.09, da reunião do colégio de líderes do Senado, marcada para as 15h. O convite foi feito pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).
 
“Ele me disse que está com disposição de visitar todos os 81 senadores, e da mesma forma que eu tratei com outras as instituições, com os outros órgãos do governo, eu também quero dar esse prestígio à Procuradoria-Geral da República na figura do indicado do presidente”,
 
disse Davi Alcolumbre, que terá um encontro reservado com Aras antes da reunião de líderes.
 
O presidente do Senado lembrou que nos últimos meses têm feito encontros entre os líderes da Casa e autoridades. Na lista dos que já participaram, estão os ministros da Cidadania, Osmar Terra; da Casa Civil, Onyx Lorenzonni, e da Economia, Paulo Guedes.
 
Alcolumbre disse que a receptividade dos senadores sobre a presença dele na reunião de hoje foi boa e que o subprocurador está fazendo o que todo candidato deve fazer, que é pedir votos.
 
Fora da tradicional lista tríplice, feita por integrantes do próprio Ministério Público, desde ontem (9) Aras começou a ser visto pelos corredores do Senado e em gabinetes de parlamentares.
 
A expectativa é de que a indicação de Augusto Aras chegue ainda nesta 3ª feira, ao Senado. Assim que chegar, o documento é lido em uma sessão plenária da Casa e enviado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O presidente do colegiado, em seguida, designa um relator, que vai elaborar um parecer sobre a constitucionalidade da indicação.
 
Assim que esse relatório for concluído, será lido em reunião da comissão. A partir daí é dado prazo de vista coletiva por uma semana e o indicado é sabatinado na comissão. No mesmo dia da sabatina, se houver pedido de urgência, o nome do subprocurador já deverá ser votado no plenário da Casa, onde precisará do apoio de 41 senadores. Tanto na CCJ, como no plenário, a votação é secreta.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
23/05/2013
OMC - Diretor declara ao Senado: Brasil deve ter orgulho de ser exportador de commodities.
 
DIREITOS DOS CONSUMIDORES - Acordo histórico entre Banco Central e Ministério da Justiça 23/05/2013
DIREITOS DOS CONSUMIDORES - Acordo histórico entre Banco Central e Ministério da Justiça
 
22/05/2013
LOUVOR À DEMOCRACIA - Cavaleiro da Esperança retoma mandato de senador
 
20/05/2013
FRONTEIRAS BRASILEIRAS - Operação Agata 7 do Oiapoque ao Chuí
 
16/05/2013
MP DOS PORTOS - Aprovada pelo Senado, vai à sanção presidencial
 
14/05/2013
MP DOS PORTOS - Apoio da FIESP em razão de bilhões em investimentos futuros
 
02/05/2013
INDEXAÇÃO DE SALÁRIOS À INFLAÇÃO - Gilberto Carvalho rejeita a proposta
 
29/04/2013
ANAC - Empresa aérea alemã CONDOR tem acesso gratuito ao mercado brasileiro
 
29/04/2013
FIES - 871 mil jovens fazem curso universitário com apoio do Programa
 
LULA recebe prêmio 24/04/2013
LULA recebe prêmio "Em busca da Paz", pelo International Crisis Group, em NY
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites