Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Segunda-Feira, Dia 17 de Junho de 2019 as 16:06:24



PREVIDÊNCIA Maia diz que comissão pode aprovar texto na próxima semana



Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem
 
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta 2ª feira, 17.06, que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão especial que analisa o tema até o próximo dia 26.
 
O parecer do relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) na comissão especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), foi lido na última 5ª feira. 13.06.
 
O texto foi criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, segundo o qual, as alterações feitas na proposta inicial enviada pelo governo podem “abortar” a reforma. Para o ministro, entre os principais problemas, estão as mudanças nas regras de transição que reduziram substancialmente a economia projetada.
 
Rodrigo Maia disse que o posicionamento de Guedes teve efeito positivo.
 
“A fala uniu o Parlamento, nos deu chance de estar mais próximos dos governadores e prefeitos. Tem crises ou críticas que vêm para bem. Essa é uma delas. Fortaleceu a certeza [de] que a Câmara e o Senado podem ter neste momento o papel [de] protagonista que nunca tiveram nos últimos 20 anos”,
 
afirmou o presidente da Câmara depois de participar de um evento sobre transparências promovido pelo Grupo Bandeirantes.
 
Joaquim Levy
 
Maia comentou a demissão do presidente do BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Joaquim Levy. Ele pediu para deixar o cargo no domingo, 16.06, após ser criticado pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo Bolsonaro, o motivo do descontentamento com Levy foi a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do BNDES.
 
O presidente da Câmara defendeu Levy e Barbosa. 
 
“Queria que o Marcos Pinto pudesse ser aproveitado em uma área de um debate importante sobre economia com viés social. Ele é um dos melhores do Brasil nessa área. Demitir faz parte da vida, é um direito do governo, mas da forma como foi feito, criou suspeição sobre o Marcos Pinto. Esse advogado que foi demitido do BNDES é um dos quadros que mais entendem de política econômica do ponto de vista social no Brasil”,
 
ressaltou Maia, que elogiou a trajetória de ambos e os serviços que prestaram ao país.


Fonte: AGENCIA BRASIL

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
10/06/2014
MTST e governo federal chegam a acordo após os protestos
 
10/06/2014
METRO RIO - Metroviários do Rio fazem assembleia nesta 3ª e poderão entrar em greve
 
10/06/2014
METRO SP - Metroviários decidem suspender greve até 4ª feira
 
10/06/2014
METRO aceitou readmissão de metroviávios demitidos, mas governo Alckmin vetou
 
09/06/2014
METRO SP - Metroviários decidem manter greve considerada abusiva pelo TRT
 
04/06/2014
ZONA FRANCA DE MANAUS - Deputados aprovam prorrogação por mais 50 anos
 
04/06/2014
COPA - Ato do MTST contra gastos na Copa reúne 4 mil pessoas em São Paulo
 
02/06/2014
CÂMARA programa votar 37 propostas nesta semana, inclusive o Super Simples
 
31/05/2014
COPA - Ato contra a Copa reúne cerca de 300 pessoas em Brasília
 
30/05/2014
TERRAS INDÍGENAS - PEC da demarcação leva 300 lideranças a encontro com Ministro da Justiça
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites