Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sábado, Dia 23 de Dezembro de 2017 as 04:12:07



INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Ibovespa estável em 75.186 pts. Dólar subiu a R$ 3,338



Diário de Mercado, na 6ª feira, 22.12.2017
 
Ibovespa fecha de lado, passado o efeito Embraer, com menor giro
 
 
Resumo.
 
Ontem, foi um pregão atípico, no qual o mercado vivenciou um dia do chamado “short squeeze”, com forte reversão de posições vendidas da Embraer (EMBR3), após o anúncio da negociação com a Boeing, e também de outros papéis que haviam sido “vendidos a descoberto” e que tiveram suas posições zeradas rapidamente, impulsionando ainda mais a alta intradiária – tão somente duas ações findaram em baixa, em um verdadeiro “rali de natal”.
 
Hoje, voltou-se a normalidade desta época, com uma sessão liquidez reduzida antes do feriado do Natal, e o Ibovespa encerrou a sessão praticamente estável (+0,07%), mas, ainda acima dos 75 mil pts.
 
A valorização acumulada em uma semana (+3,55%) foi a maior desde setembro. O ano acabou - vale lembrar que a próxima semana terá apenas três pregões e as liquidações D+3 serão procedidas somente em 2018.
 
No exterior, as principais bolsas fecharam majoritariamente em baixa. Já nos EUA,  houve a divulgação de uma bateria de importantes indicadores, bem como ocorreu a assinatura da reforma tributária – aprovada anteriormente pela Câmara e Senado – pelo Presidente Donald Trump.    
 
 
Ibovespa.
 
O índice ensaiou uma realização no decorrer da sessão, mas, apesar de cair aos 74.622 pts (-0,68%) na mínima intradiária, recuperou terreno e encerrou o pregão de lado. Vale, Bradesco, Banco do Brasil e B3 se destacaram dentre as altas, enquanto Santander, Itaú e Petrobras recuaram.
 
O Ibovespa encerrou aos 75.186 pts (+0,07%), acumulando +3,55% na semana, +4,47% no mês, +24,84% no ano e +31,32% em 12 meses. O ªfraco volume preliminar da Bovespa foi de R$ 5,900 bilhões, sendo R$ 5,680 bilhões no mercado à vista.
 
 
Capitais Externos na Bolsa
 
Na 3ª feira, 19.12, a entrada líquida de capital estrangeiro foi de R$ 489,552 milhões na bolsa, aumentando o saldo positivo de dezembro para R$ 1,946 bilhão. No ano, o ingresso líquido de capital estrangeiro acumula agora R$ 11,708 bilhões.
 
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, a confiança do consumidor (FGV) cedeu levemente a 86,4 em dezembro, ante 86,8 em novembro. Já a taxa de inadimplência recuou a 5,4% em novembro, ante 5,6% em outubro – consenso de 5,5%.
 
Nos EUA, a renda pessoal variou +0,3% em novembro, contra +0,4% em outubro – projeção de +0,4%. Os gastos pessoais cresceram +0,6% em novembro, frente a +0,2% em outubro – consenso em +0,5%. O núcleo do PCE oscilou +1,5% na comparação anual (nov/17 – nov/16), ante +1,4% na leitura anterior – precisamente em linha com o consenso. Já as vendas de casas novas registraram elevação de +17,5% em novembro, contra recuo de -1,7% em outubro – acima da projeção de -4,4%. A confiança do consumidor da Universidade de Michigan decaiu de 96,8 pts em dezembro para 95,9 pts em outubro – abaixo do aguardado pelo mercado em 97,2 pts.       
 
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) movimentou-se em trajetória ascendente durante quase todo o pregão, encerrando próximo à máxima intradiária, quando chegou a valer R$ 3,3390 (+0,87%).
 
A divisa fechou cotada a R$ 3,3380 (+0,85%), acumulando +0,94% na semana, +2,08% no mês, +2,64% no ano e +1,13% em 12 meses.
 
 
Risco País
 
O risco medido pelo CDS Brasil 5 anos manteve-se pelo quinto dia consecutivo em 164 pts.
 
 
Juros.
 
Em sessão de baixa liquidez, os juros futuros encerraram a sessão regular com variações pouco expressivas, próximas à estabilidade.   
 
 
Para a próxima semana.
 
Brasil: Custos de construção/FGV, IGP-M, Resultado primário e nominal, Criação de empregos formais e Taxa de desemprego nacional;
 
EUA: Índice S&P CoreLogic, Confiança do consumidor, Vendas de casas pendentes, Balança comercial, Estoques no atacado, Estoques de varejo, Novos pedidos seguro-desemprego, Índ Purchasing Gerentes Chicago;
 
Alemanha: IPC;
 
Japão: Taxa de desemprego, IPC nacional, Vendas a varejo e Produção industrial;
 
China: Lucros industriais, PMI manuf., PMI não manuf. e Caixin China PMI Manuf.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 6ª feira, 23.12.2017, elaborado por Hamilton Moreira Alves, CNPI-T, e Ricardo Vieites, CNPI, ambos integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Hamilton Moreira Alves, CNPI-T, e Ricardo Vieites, CNPI, ambos integrantes do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
23/07/2014
INVESTIMENTOS - WEG - Resultados No 2ª trimestre/2014 - Upside de 11,0%
 
INVESTIMENTOS - Diário de Mercado em 23.07.2014 23/07/2014
INVESTIMENTOS - Diário de Mercado em 23.07.2014
 
23/07/2014
INVESTIMENTOS - FIBRIA - Resutados do 2º trimestre/2014 - UP Side de 29,1%
 
INVESTIMENTOS - Pré Mercado em 23.07.2014 23/07/2014
INVESTIMENTOS - Pré Mercado em 23.07.2014
 
22/07/2014
INVESTIMENTOS - LOCALIZA - Resultados no 2º trimestre/2014
 
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 18.07.2014 19/07/2014
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 18.07.2014
 
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 17.07.2014 17/07/2014
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 17.07.2014
 
INVESTIMENTOS em RENDA FIXA - Emissões externas aproximam-se do total de 2013 17/07/2014
INVESTIMENTOS em RENDA FIXA - Emissões externas aproximam-se do total de 2013
 
INVESTIMENTOS - Pré Mercado em 17.07.2014 17/07/2014
INVESTIMENTOS - Pré Mercado em 17.07.2014
 
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 16.07.2014 16/07/2014
INVESTIMENTOS - Movimento do Mercado em 16.07.2014
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009