Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

24 de Outubro de 2020 as 00:10:43



CORONAVAC - ANVISA enfim autoriza importação da Vacina Chinesa


Coronavac, a vacina chinesa
ANVISA autoriza a importação de seis milhões de doses da CoronaVac
 
Governo de São Paulo estima a aplicação das doses a partir de 15.12.2020
 
Governo de São Paulo ainda espera a agência aprovar pedido feito em setembro para compra de insumos rumo à fabricação de 40 milhões de doses da vacina.
 
A ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou na tarde de 6ª feira, 23.10, a compra de um lote de seis milhões de doses da CoronaVac, vacina produzida pelo laboratório chinês SinoVac Live Science em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, informou o site G1.
 
O contrato entre o governo paulista e a empresa prevê a aquisição de 46 milhões de doses, sendo que seis milhões delas virão prontas da China. 
 
Neste momento, a vacina está na terceira fase de testes, quando sua eficácia é testada em voluntários. Por enquanto, a aplicação dela ainda não está autorizada. Os resultados da segunda fase foram considerados positivos. Na nova fase, estão sendo aplicadas 15 mil doses em nove mil voluntários e cada um recebe duas delas.
 
A decisão da Anvisa é o mais recente capítulo da divergência entre João Doria, governador de São Paulo, e o presidente Jair Bolsonaro. Na 3ª feira, 20.10, o Ministério da Saúde anunciou que adquiria as 46 milhões de doses.
 
Mas no dia seguinte, 4ª feira, 21.10, Bolsonaro rechaçou publicamente a declaração de seu ministro, Eduardo Pazuello. Ele afirmou taxativamente que nenhuma vacina chinesa seria comprada porque sua origem não parecia confiável. Os dois vieram a público contornar o que parecia ser uma crise dentro do governo.
 
No capítulo seguinte, na 5ª feira, 22;10, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, acusou a Anvisa de retardar a fabricação da CoronaVac no Brasil ao atrasar a liberação para importação dos insumos necessários para produção da CoronaVac.
 
A ANVISA negou atraso. E explicou em nota oficial que o pedido tinha sido analisado, mas que foram encontradas "discrepâncias", sem especificar quais. Segundo Dimas Covas, a decisão da Anvisa só sairá no dia 11 de novembro.
 
"Uma liberação que ocorre em dois meses deixa de ser excepcional", 
disse.
 
Mas, segundo a agência, a análise final deve ocorrer no dia 4 do mesmo mês.
 
"Cabe ressaltar que esse processo se encontrava pautado para o dia 4 de novembro, justamente para que houvesse tempo hábil para o atendimento das discrepâncias apontadas no processo referente à matéria-prima vacinal", 
 
informou a nota.
 
De acordo com o calendário previsto pelo governo de São Paulo, a aplicação das primeiras doses da CoronaVac será em profissionais da saúde e vai começar no dia 15 de Dezembro.
 


Fonte: SPUTNIKNEWS





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ASTRAZENECA  Presidente envia carta à Índia pedindo agilidade no envio de vacina 09/01/2021
ASTRAZENECA Presidente envia carta à Índia pedindo agilidade no envio de vacina
 
LEWANDOWISKY suspende confisco, pela União, de Seringas e Agulhas compradas pelo governo de SP 08/01/2021
LEWANDOWISKY suspende confisco, pela União, de Seringas e Agulhas compradas pelo governo de SP
 
EDITORIAL - O INOMINÁVEL culpa a Imprensa pela Incompetência de seu Desgoverno 06/01/2021
EDITORIAL - O INOMINÁVEL culpa a Imprensa pela Incompetência de seu Desgoverno
 
TASSO GENRO pede a JOÃO DÓRIA iniciar Processo de Impeachment do Inominável 04/01/2021
TASSO GENRO pede a JOÃO DÓRIA iniciar Processo de Impeachment do Inominável
 
FIES prorroga Prazo de Renegociação de Financiamento 02/01/2021
FIES prorroga Prazo de Renegociação de Financiamento
 
POSSE DE PREFEITOS - Eleitos Tomam Posse em 5.472 Municípios 01/01/2021
POSSE DE PREFEITOS - Eleitos Tomam Posse em 5.472 Municípios
 
FUNDEB Bolsonaro sanciona lei que regulamenta repasses 26/12/2020
FUNDEB Bolsonaro sanciona lei que regulamenta repasses
 
STF suspende depoimento de Witzel em processo de Impeachment 26/12/2020
STF suspende depoimento de Witzel em processo de Impeachment
 
STF mantém Rio de Janeiro em regime de Recuperação Fiscal 24/12/2020
STF mantém Rio de Janeiro em regime de Recuperação Fiscal
 
BRUNO COVAS sanciona lei que aumenta seu próprio salário a R$ 35.462,00 24/12/2020
BRUNO COVAS sanciona lei que aumenta seu próprio salário a R$ 35.462,00
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites