Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

17 de Março de 2014 as 02:03:04



INVESTIMENTOS - MINERVA - Resultados do 4º trimestre/2013: Upside de 14,1%



BB Investimentos analisa 4T13 de MINERVA
 
Bom resultado operacional apesar do prejuízo
 
BEEF3                                     Market Perform
Preço em 11/03/2014           R$ 10,08
Preço para 12/2014              R$ 11,50
Upside                                    14,1%
 
A Minerva apresentou resultado com prejuízo de R$ 124,6 milhões no último trimestre, influenciado principalmente pelo resultado financeiro.
 
No entanto, a performance da empresa com as vendas no mercado interno e externo apresentou evolução considerável no ano. Mercado internacional impacta significativamente a receita.
 
A combinação do apetite crescente por carne bovina no mercado externo, em especial da Ásia, com oferta limitada devido a problemas climáticos enfrentados pelos principais países concorrentes (Estados Unidos e Austrália), impulsionaram as vendas da Minerva no ano de 2013.
 
O volume de vendas de carne in natura para o mercado externo cresceu 19% e a receita aumentou 29% em relação ao ano anterior. Representando 66,9% do faturamento da companhia, as exportações corroboraram para um crescimento de 18,7% A/A na receita líquida, que alcançaram R$ 5,4  bilhões.
 
Arroba do boi eleva CMV, mas não afeta margens. Apesar da queda de 3,4% T/T, o CMV avançou 25% no ano influenciado, sobretudo, pelo preço médio do gado, que evoluiu 18,1%.
 
Contudo, a valorização do dólar e ajuste no preço médio praticado no mercado externo e doméstico  compensaram os efeitos negativos dos custos no resultado, e proporcionaram uma margem bruta de 21,4% no 4T13 e de 20,6% em 2013, em linha com as margens do trimestre e ano anteriores.
 
Ebitda e resultado financeiro
 
No acumulado do ano, o Ebitda alcançou R$ 551,4 milhões, alta de 11,6% em relação ao ano de 2012, com margem de 10,1% (-0,6 p.p. A/A). No 4T13, o Ebitda atingiu R$ 153,3 milhões, com margem de 10,6% (-1,4 p.p. A/A).
 
Por sua vez, o resultado financeiro foi negativamente influenciado  pelo aumento nas despesas com variação cambial, encerrando o 4T13 negativo em R$ 233,3 milhões e o ano em R$ 775,5 milhões.
 
Disponibilidades neutralizam impacto da dívida no nível de alavancagem
 
O endividamento bruto da empresa cresceu 10,2% A/A, totalizando R$ 3,4 bilhões, sendo que 60,9% é composto por dívida em moeda estrangeria.
 
O impacto dessa evolução no nível de alavancagem foi equilibrado pelo aumento da geração de caixa em 21,3% A/A, que somou R$ 1.563,8 milhões  e é suficiente para amortizar o saldo de vencimentos até 2022.
 
Assim, o indicador dívida líquida/Ebitda evoluiu 0,5x A/A, finalizando o ano de 2013 em 3,3x.
 
Considerações
 
Embora o resultado financeiro tenha impactado negativamente o resultado, o desempenho operacional da Minerva proporcionou um caixa de R$ 475,2 milhões, superior em 5,4% ao ano de 2012, deixando a empresa em uma situação confortável para enfrentar cenários mais adversos.
 
Apesar da  elevação no nível de alavancagem A/A, a companhia demonstrou eficiência na gestão do capital de giro e maior geração de caixa.
 
Assim, mantemos nosso preço alvo em R$ 11,50 para dez/2014 e a recomendação em market perform.
 
Confira no anexo o relatório completo de desempenho da MINERVA, elaborado por Nataniel Cezimbra, gerente da equipe de analistas do BB Investimentos; e Luciana de Carvalho, analista do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: BB Investimentos: NATANIEL CEZIMBRA , gerente, e LUCIANA CARVALHO, analista.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.02, 2ª feira. Avalie se convém investir 17/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.02, 2ª feira. Avalie se convém investir
 
ALIMENTOS & BEBIDAS - Resultado no 4º trimestre/2019: Números fortes para Carne 17/02/2020
ALIMENTOS & BEBIDAS - Resultado no 4º trimestre/2019: Números fortes para Carne
 
SUZANO - Resultado no 4º trimestre de 2019: Neutro 17/02/2020
SUZANO - Resultado no 4º trimestre de 2019: Neutro
 
USIMINAS - Resultados no 4º trimestre de 2019: Margens Mais Baixas 17/02/2020
USIMINAS - Resultados no 4º trimestre de 2019: Margens Mais Baixas
 
JHSF Resultados no 4º trimestre /2020: Números Positivos 17/02/2020
JHSF Resultados no 4º trimestre /2020: Números Positivos
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.02, 6ª feira. Avalie se convém investir 15/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.02, 6ª feira. Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 14.02: IBOVESPA cai 1,11% a 114.380 pts DÓLAR cai a R$ 4,300 14/02/2020
O MERCADO, 14.02: IBOVESPA cai 1,11% a 114.380 pts DÓLAR cai a R$ 4,300
 
DÓLAR cai e fecha em R$ 4,30 com atuação do BC 14/02/2020
DÓLAR cai e fecha em R$ 4,30 com atuação do BC
 
RENDA FIXA - Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RISCOS em 14.02.2020m 10.01.2020 14/02/2020
RENDA FIXA - Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RISCOS em 14.02.2020m 10.01.2020
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures, CRA e CRI - Ótica RETORNO em 14.02.2020 14/02/2020
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures, CRA e CRI - Ótica RETORNO em 14.02.2020
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites