Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sexta-Feira, Dia 07 de Março de 2014 as 02:03:29



INVESTIMENTOS - ABRIL EDUCAÇÃO: Resultados do 4º trimestre/2013



BB Investimentos analisa 4T13 de Abril Educação
 
Aquisições fazem a diferença, mas desempenho ainda é discreto", afirmam os analistas do BB Investimentos Mário Bernardes Junior e Gabriela Cortez
 
ABRE11 - Underperform
Preço mercado em 27/02/2014   R$  28,80
Preço para 12/2014                     R$ 26,50
Potencial:                                    -8%
 
O resultado da Abril Educação no 4T13 foi neutro, levando-se em consideração os seguintes aspectos:
 
(a) perda de eficiência pelo aumento expressivo nos custos e despesas operacionais, pressionando as margens operacionais;
(b) forte queda no negócio de Editoras;
(c) expansão em nível dobrado nas despesas financeiras, que somado a amortização do intangível comprimiu a margem líquida; e
(d) retração de 39% na geração de caixa.
 
Por outro lado, o destaque positivo ficou por conta da forte expansão de receitas do segmento de Sistemas de Ensino e de Escolas e Cursos Preparatórios, mesmo quando levado em conta somente o crescimento orgânico.
 
Além disso, o indicador antecedente de janeiro, apresentado pela empresa, mostra que a base de alunos começou o ano melhor do que se esperava.
 
Vale ressaltar, que o resultado deixou claro, que as aquisições realizadas pela companhia fizeram a diferença, tanto pela forte expansão no faturamento, quanto pelo lado menos favorável, por conta da alta de despesas operacionais.
 
Perspectivas e mudanças de preço e recomendação
 
Nossa perspectiva para a companhia no longo prazo ainda são positivas, tendo em vista que a demanda no setor com um todo continua aquecida. Por outro lado, acreditamos que no curto e médio prazo, capturar as sinergias das recentes aquisições seja um árduo desafio para a empresa e manter o nível de eficiência fica cada vez mais complicado.
 
Os principais riscos para o futuro da companhia, em nossa visão, ficam por conta de:
 
(a) as aquisições gerarem maior pressão no caixa;
(b) o crescimento no número de alunos se manter em ritmo moderado; e
(c) uma possível desaceleração econômica, que poderia impactar o segmento de Idiomas e Produtos Complementares.
 
Neste sentido, estamos revisando nossas expectativas para a ABRE11, alterando o target-price para R$ 26,50 (R$ 40,00 anteriormente) e o rating para Underperform (Market Perform anteriormente).
 
SEGMENTOS DE NEGÓCIOS
 
Editoras. A receita deste segmento de negócio, no 4T13, foi de R$ 322,4 milhões, ficando praticamente estável em relação ao ano anterior, como consequência da receita de PNLD 2014 que foi reconhecida integralmente no período, diferentemente do 4T12 quando o reconhecimento foi de apenas 90%.
 
Sistemas de ensino. Em valores consolidados, a receita totalizou R$ 44,4 milhões no quarto trimestre, representando forte alta 33% A/A.
 
Escolas e Cursos Preparatórios. A receita, nessa linha de negócio, alcançou R$ 69,8 milhões no 4T13, +69% em relação ao mesmo período de 2012.
 
Produtos e Serviços Complementares. A receita deste segmento disparou 279% A/A, chegando a R$ 8,7 milhões.
 
Idiomas. A receita deste segmento ficou em R$ 32,7 milhões, sendo grande parte oriunda do Grupo Ometz (Wise Up e You Move).

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: BB BI





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 16.01 Avalie se convém Investir 16/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 16.01 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 14.01: IBOVESPA sobe 0,26% a 117.632 pts. DÓLAR caiu 0,29% a R$ 4,129 14/01/2020
O MERCADO, 14.01: IBOVESPA sobe 0,26% a 117.632 pts. DÓLAR caiu 0,29% a R$ 4,129
 
O MERCADO, 15.01: IBOVESPA cai 1,04% a 116.414 pts. DÓLAR sobe 1,31% a R$ R$ 4,183 15/01/2020
O MERCADO, 15.01: IBOVESPA cai 1,04% a 116.414 pts. DÓLAR sobe 1,31% a R$ R$ 4,183
 
O  MERCADO, 16.01: IBOVESPA sobe 0,25% a 116.704 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,190 16/01/2020
O MERCADO, 16.01: IBOVESPA sobe 0,25% a 116.704 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,190
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.01 Avalie se convém Investir 14/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 14.01 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 13.01: IBOVESPA sobe 1,58% a 117.325 pTS. DÓLAR subiu a a R$ 4,141 13/01/2020
O MERCADO, 13.01: IBOVESPA sobe 1,58% a 117.325 pTS. DÓLAR subiu a a R$ 4,141
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 10.01.2020. Avalie se convém Investir 11/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 10.01.2020. Avalie se convém Investir
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RETORNOS em 10.01 11/01/2020
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca de RETORNOS em 10.01
 
ALIMENTOS & BEBIDAS - Relatório de Análise - Dezembro/2020 09/01/2020
ALIMENTOS & BEBIDAS - Relatório de Análise - Dezembro/2020
 
FUNDOS IMOBILIÁRIOS - Carteira em Janeiro/2020 - Relatório de Análise 09/01/2020
FUNDOS IMOBILIÁRIOS - Carteira em Janeiro/2020 - Relatório de Análise
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites