Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

01 de Janeiro de 2014 as 02:01:38



Investimentos - CCR vence leilão da BR-163 (MS) - Flash de Mercado



BB Investimentos analisa CCR, que vence leilão da BR-163 (MS)
 
A CCR venceu a disputa pela concessão da BR-163 (MS). A companhia apresentou deságio de 52,74% superior aos concorrentes: EcoRodovias (44,17%), Queiroz Galvão (41,11%), Invepar (31%), Odebrcht (8,50%) e Triunfo (2,99%).
 
Sobre o trecho e nossas  projeções. O trecho tem inicio na divisa com o Estado de Mato Grosso e termina na divisa de Mato Grosso do Sul com o Paraná, atravessando vinte municípios sul-mato-grossenses; importante conexão dos produtores de grãos do Centro-Oeste aos portos de  Santos e Paranagua, o que beneficiará o escoamento da produção agrícola para exportação.
 
Do trecho total (847 km), a estrada possui apenas 28,6 km de pista dupla. O cronograma de obras prevê que 130 km (16%) sejam duplicados no primeiro ano de contrato, chegando a 100% de duplicação (806 km) até o quinto ano da concessão.
 
A projeção de fluxo de veículos equivalentes é de 61 milhões em 2014, atingindo 105 milhões no ano 2029. No último ano da concessão (2044) o fluxo deverá atingir 137  milhões de veículos equivalentes.
 
O trecho é o maior, do pacote de concessão federal de rodovias, em termos de duplicação (95% da rodovia, o equivalente a 806 km). Aproximadamente R$ 9,1 bilhões serão investidos entre duplicação e manutenção da rodovia, ao longo dos próximos 30 anos  de concessão (Capex de R$ 5,7 bi e Opex de R$ 3,4 bi). Participantes do leilão.
 
Dando continuidade ao programa de concessão, o governo federal conseguiu atrair, mais uma vez, o interesse dos principais players do setor, resultando no deságio relevante de  52,74%, em linha com o discurso de modicidade tarifária. A tarifa teto estipulada era de R$ 9,27 por 100 km; e a CCR terá que honrar os investimentos na BR-163 (MS) cobrando uma tarifa de R$ 4,381 por 100 km.
 
Opinião do analista
 
Em nossa opinião, o deságio de 52,74 % sobre a tarifa teto foi alto. Consideramos desafiador a obtenção das licenças ambientais com a celeridade que o projeto de execução exigirá, considerando que o trecho passará por reservas indígenas.
 
Ainda aguardamos  novas informações do management sobre a estratégia do lance e a perspectiva de captura de valor sobre o novo ativo, especialmente para entendermos a referida aquisição sob a perspectiva da disciplina de capital do grupo.
 
Entretanto, considerando o potencial de alavancagem do projeto, com 70% de dívida, com custo bruto ao redor de 7% a.a, carência de 5 anos para pagamento do principal, o ativo poderá agregar valor a CCR marginalmente. Somada as recentes conquistas em  ativos de mobilidade urbana (VLT Carioca e Metrô de Salvador) e Aeroportos (Confins), a Companhia segue sua estratégia de crescimento e diversificação.
 
Assim, a empresa vem demonstrando capacidade de:
(i) conquistar novas oportunidades de investimentos;
(ii) replicar seu estilo de administração nos novos negócios e
(iii) ampliar o prazo médio do portfólio.
 
O que nos leva a ratificar nossa recomendação de compra do papel da Companhia.
 
 
 
Confira no anexo o relatório de análise, na íntegra, de responsabilidade do
analista Renato Halgren, do BB BI

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: BB Banco de Investimento





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 08/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 08.07: IBOVESPA sobiu 2,05% a 99.769 pts; DÓLAR caiu a R$ 5,346 08/07/2020
O MERCADO, 08.07: IBOVESPA sobiu 2,05% a 99.769 pts; DÓLAR caiu a R$ 5,346
 
WEG obtém controle da Startup BirminD 08/07/2020
WEG obtém controle da Startup BirminD
 
GUIA DE AÇÕES, 06.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 07/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 06.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 06.07: IBOVESPA aproxima-se novamente de 100.000 pontos 07/07/2020
O MERCADO, 06.07: IBOVESPA aproxima-se novamente de 100.000 pontos
 
O MERCADO, 03.07: IBOVESPA sobe 0,55% a 96.875 pontos  DÓLAR, a R$ 5,3159 04/07/2020
O MERCADO, 03.07: IBOVESPA sobe 0,55% a 96.875 pontos DÓLAR, a R$ 5,3159
 
GUIA DE AÇÕES, 02.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 03/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 02.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 02.07: IBOVESPA estável em 96.234 pontos; DÓLAR sobe a R$ 5,3488 03/07/2020
O MERCADO, 02.07: IBOVESPA estável em 96.234 pontos; DÓLAR sobe a R$ 5,3488
 
BB emprestará R$ 3,7 bi a Pequenas Empresas afetadas por Pandemia 02/07/2020
BB emprestará R$ 3,7 bi a Pequenas Empresas afetadas por Pandemia
 
O MERCADO, 01.07: IBOVESPA sobe 1,21% a 96.203 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3105 02/07/2020
O MERCADO, 01.07: IBOVESPA sobe 1,21% a 96.203 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3105
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites