Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

24 de Abril de 2013 as 01:04:51



LULA recebe prêmio "Em busca da Paz", pelo International Crisis Group, em NY



"Combater a fome e a miséria em escala global é o passo mais importante que podemos dar no caminho para a paz", disse Lula em seu discurso

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na noite da última 2ª feira, 22.04, em Nova York, o prêmio “Em Busca da Paz”, conferido pelo International Crisis Group. Lula foi homenageado por ter

 
“impulsionado seu país a uma nova era econômica e política”.
 
O prêmio reconhece o trabalho de Lula em tirar milhões de pessoas da pobreza e construir uma política de parceria com vizinhos e países africanos, o que transformou o Brasil em um “ator mundial crucial”.
 
Em seu discurso, Lula propôs o combate à fome e à miséria como caminho para transformar o século 21 em uma era de paz.
 
“Combater a fome e a miséria em escala global é o passo mais importante que podemos dar no caminho para a paz. E depois do que conquistamos no Brasil, eu me recuso a duvidar da nossa capacidade de fazer um mundo melhor. Combatendo a fome e a miséria, promovendo o diálogo e o respeito entre os povos, podemos fazer do Século 21 a era da paz”.
 
O Crisis Group trabalha em mais de 60 países na prevenção e solução de conflitos. Seus relatórios e análises são respeitados globalmente por atores que vão de governos à imprensa como documentos de referência sobre crises locais.
 
“Nós acreditamos que para acabar com os conflitos é preciso entendê-los a fundo”,
 
explica Louise Arbour.
 
Entre os convidados do jantar desta 2ª feira em Nova York estavam o megainvestidor e filantropo George Soros, o prêmio Nobel de Economia Joseph Stiglitz e Mo Ibrahim, empreendedor sudanês que foi o pioneiro da “revolução dos celulares” na África. Sorus e Bill Cleanton foram dois dos ganhadores desse mesmo prêmio em anos anteriores. [Lula recebeu o prêmio das mãos da rainha Rania al-Abdullaha, da Jordânia.]
 
Javier Ciurlizza, diretor de programa para América Latina e Caribe do Crisis Group, afirmou que sem esperança não há paz, e que Lula colocou isso em prática.
 
“Ele defendeu a Unasul, que criou um espaço para as nações conversarem, no lugar de lutar. Ele trabalhou no coração da resolução de conflitos. Ele entende de uma maneira profunda que só erradicando a fome e a exclusão social, dando nova esperança às pessoas, a paz e a segurança são sustentáveis”.


Fonte: Instituto Lula





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUEDES em Disputa de Poder com presidente do BC 26/11/2020
GUEDES em Disputa de Poder com presidente do BC
 
HOSPITAL ALBERT EINSTEIN - Funcionário vaza dados de 16 milhões de pessoas com COVID-19 26/11/2020
HOSPITAL ALBERT EINSTEIN - Funcionário vaza dados de 16 milhões de pessoas com COVID-19
 
GUEDES anuncia que vai para o 23/11/2020
GUEDES anuncia que vai para o "ataque" com Privatizações e "Reformas"
 
RIO em INTERVENÇÃO FEDERAL até 01.12.2021, decreta Bolsonaro 23/11/2020
RIO em INTERVENÇÃO FEDERAL até 01.12.2021, decreta Bolsonaro
 
FINANCIAMENTO para o CLIMA - CNI lança Guia para Empresas 23/11/2020
FINANCIAMENTO para o CLIMA - CNI lança Guia para Empresas
 
CARREFOUR Empresa Terceirizada demite seguranças envolvidos na morte de João Alberto 21/11/2020
CARREFOUR Empresa Terceirizada demite seguranças envolvidos na morte de João Alberto
 
CRIVELLA, 20/11/2020
CRIVELLA, "Ser Rastejante", afirma EDUARDO PAES
 
LIQUIGÁS Venda é aprovada pelo CADE: Prossegue Demantelamento da PETROBRAS. 19/11/2020
LIQUIGÁS Venda é aprovada pelo CADE: Prossegue Demantelamento da PETROBRAS.
 
BANCO DOS BRICS transferirá US$ 3 BI ao Brasil 19/11/2020
BANCO DOS BRICS transferirá US$ 3 BI ao Brasil
 
LEI KANDIR Senado aprova verba de R$ 62 BI a Estados e Municípios 18/11/2020
LEI KANDIR Senado aprova verba de R$ 62 BI a Estados e Municípios
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites