Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Sexta-Feira, Dia 13 de Maio de 2022 as 22:05:05



AMERICANAS - Resultado no 1º Trimestre/2022: POSITIVO


AMERICANAS - Resultado no 1º Trimestre/2022
Positivo; forte crescimento com ganho de margem operacional 
 
Georgia Jorge, CNPI
13.05.2022
 
A Americanas apresentou um resultado positivo no 1T22. Merece destaque o crescimento robusto em todos os canais de vendas, acompanhando de ganho de margem operacional no período, refletindo o início da captura de sinergias após a combinação dos negócios entre Lojas Americanas e B2W.
 
Pontuamos que, apesar de a companhia ter apresentado prejuízo neste trimestre, isso já era esperado dada a sazonalidade do seu negócio, de forma que estimamos reversão desse prejuízo ao longo dos próximos trimestres.
 
Desempenho das Ações. 
 
Os papéis AMER3 acumulam queda de 21% nos últimos 30 dias. Em nossa visão, a piora das expectativas acerca do arrefecimento da inflação e do fim do ciclo de aperto monetário impactou fortemente as ações do setor de consumo, em especial os das companhias expostas ao setor de consumo cíclico e cuja tese de investimentos contempla forte crescimento ao longo dos próximos anos (tese de growth), como é o caso da Americanas.
 
Apesar de esperarmos que as incertezas relacionadas às elevações de taxas de juros e ancoragem das expectativas com a inflação impactem desfavoravelmente o desempenho das ações no curto prazo, também vislumbramos forças opostas contribuindo para a valorização do papel, como a boa execução da estratégia que a companhia vem entregando, com a combinação de crescimento de receita com ganho de rentabilidade.
 
Por essa razão, mantemos nossa recomendação em Compra e preço-alvo para o final de 2022 em R$ 35,60, até incorporarmos os resultados do 1T22 e atualizarmos as premissas mac oeconômicas.
 
Desempenho econômico-financeiro
 
As vendas brutas totais (GMV na sigla em inglês) totalizaram R$ 14,2 bilhões, 21,7% superior a/a e em linha com as nossas estimativas (+2,9% r/e). Todos os canais de vendas contribuíram positivamente para o resultado, com destaque para as vendas em lojas físicas (+27,7% a/a e +5,6% r/e) e do 1P (+24,3% a/a e +5,6% r/e), que correspondem às vendas on-line com estoque próprio.
 
Acompanhando o crescimento das vendas, a receita líquida somou R$ 6,7 bilhões, crescimento de 28,4% a/a e +6,5% r/e. 
 
O lucro bruto, por sua vez, cresceu 30,0% a/a, com elevação de 0,4 p.p. em margem bruta na comparação anual (-0,6 p.p. r/e). Já a margem EBITDA Ajustada do período atingiu 9,8%, um aumento de 1,8 p.p. a/a e superior às nossas estimativas em 1,2 p.p.
 
Esse desempenho foi decorrente da captura de sinergias que permitiram a diluição das despesas com vendas e administrativas como percentual da receita líquida de 22,2% para 20,8%.
 
Por fim, a companhia apresentou um prejuízo de R$ 137 milhões neste trimestre, ante um prejuízo de R$ 225 milhões no 1T21, inferior às nossas estimativas em 49,7% em função de efeitos não recorrentes relacionados ao ágio da Local no valor de R$ 109 milhões. Excluído esse evento, o prejuízo teria vindo em R$ 238 milhões, 12,7% inferior r/e.
 
Quanto à alavancagem financeira, pontuamos que a Americanas finalizou o trimestre com uma posição de dívida líquida de R$ 1,6 bilhão, ante uma posição de caixa líquido de R$ 4,8 bilhões no 1T21 em decorrência do aumento nas disponibilidades que haviam sido beneficiadas por um follow on da Lojas Americanas no 4T20, com subsequente aumento de capital da B2W.
 
Já os investimentos do período totalizaram R$ 448,7 milhões no 1T22, o que corresponde a 3,2% do GMV do período ou 6,6% da receita líquida, ante 4,1% do GMV ou 9,0% da receita líquida no 1T21.
 
CONFIRA no anexo à íntegra do relatório a respeito, elaborado por
GEORGIA JORGE, CNPI, analista senior do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: GEORGIA JORGE, CNPI, analista senior do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
PETROBRAS aumenta preço do QUEROSENE DE AVIAÇÃO 05/07/2022
PETROBRAS aumenta preço do QUEROSENE DE AVIAÇÃO
 
DÓLAR sobe sob Temor de Recessão Mundial 05/07/2022
DÓLAR sobe sob Temor de Recessão Mundial
 
SEBRAE - Pequenos negócios geram renda de R$ 420 bilhões por ano 05/07/2022
SEBRAE - Pequenos negócios geram renda de R$ 420 bilhões por ano
 
PRODUÇÃO INDUSTRIAL cresceu 0,3% de abril para maio 05/07/2022
PRODUÇÃO INDUSTRIAL cresceu 0,3% de abril para maio
 
DÓLAR estável em R$ 5,326. IBOVESPA cai a 98.609 pts 05/07/2022
DÓLAR estável em R$ 5,326. IBOVESPA cai a 98.609 pts
 
INFLAÇÃO - IPC-S sobe 0,67% em Junho e acumula 10,31% em 12 meses, diz FGV 04/07/2022
INFLAÇÃO - IPC-S sobe 0,67% em Junho e acumula 10,31% em 12 meses, diz FGV
 
SUPERAVIT COMERCIAL - Cai de US$111 BI a US$81,5 BI a projeção para 2022 02/07/2022
SUPERAVIT COMERCIAL - Cai de US$111 BI a US$81,5 BI a projeção para 2022
 
DANIELLA CONSTANTINO - Nova presidente da CAIXA  assume cargo na 3ª feira 02/07/2022
DANIELLA CONSTANTINO - Nova presidente da CAIXA assume cargo na 3ª feira
 
BALANÇA COMERCIAL - Superávit de US$ 8,81 BI em junho 02/07/2022
BALANÇA COMERCIAL - Superávit de US$ 8,81 BI em junho
 
ICM-S sobre Combustíves - RIO reduz Alícola de 32% para 18% 01/07/2022
ICM-S sobre Combustíves - RIO reduz Alícola de 32% para 18%
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites