Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Sexta-Feira, Dia 03 de Dezembro de 2021 as 16:12:14



PRODUTIVIDADE - Indicador da indústria cai 1,3%, no 3º trimestre



Produtividade está em queda desde o último trimestre de 2020
 
A produtividade do trabalho na indústria no terceiro trimestre de 2021 retornou ao patamar do segundo trimestre de 2020, momento mais grave da crise causada pela pandemia de covid-19. É o que mostra o estudo Produtividade na Indústria, da CNI Confederação Nacional da Indústria, divulgado nesta 6ª feira, 03.12.
 
O indicador que mede a relação entre o volume produzido e as horas trabalhadas na produção caiu 1,3% em relação ao segundo trimestre do ano, na série livre de efeitos sazonais.
 
A pesquisa revela que o volume produzido no terceiro trimestre de 2021 recuou 1,9% em relação ao segundo trimestre deste ano. E as horas trabalhadas caíram 0,6% na mesma base de comparação.
 
Segundo a CNI, a produtividade está em queda desde o último trimestre de 2020. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, último trimestre de alta do indicador, a perda acumulada chega a 7,6%.
 
Para a CNI, as quedas consecutivas refletem o ambiente de elevadas incertezas, prejudicial ao investimento e, no curto prazo, pesam dificuldades como a falta de insumos e a pressão sobre os custos de produção.
 
De acordo com o estudo, 2021 será o segundo ano consecutivo de recuo da produtividade, que deve cair mais de 2%. A maior queda registrada pelo indicador desde o início da série histórica, em 2000, foi de 2,2%, em 2008, ano marcado pela crise financeira global.
 
Segundo a CNI, apesar do cenário desafiador para os próximos meses, a perspectiva é de melhora no longo prazo, devido às oportunidades ligadas à digitalização e a transição para uma economia mais sustentável.
 
“A expectativa é de retomada do crescimento da produtividade, puxada por oportunidades de investimentos nas novas tecnologias digitais, na implementação das redes 5G, considerada base para a digitalização, e em tecnologias verdes, que ganham importância diante da crise climática”,
 
afirmou a gerente de política industrial da CNI, Samantha Cunha, em nota.


Fonte: AGENCIA BRASIL.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
CEASAS registram queda do preço da Batata e alta, do da Cebola 21/01/2022
CEASAS registram queda do preço da Batata e alta, do da Cebola
 
DÓLAR cai para R$ 5,41; IBOVESPA sobe 1,0% e recupera nível de 20.10 20/01/2022
DÓLAR cai para R$ 5,41; IBOVESPA sobe 1,0% e recupera nível de 20.10
 
BB volta a ser eleito O Mais Sustentável do Mundo 20/01/2022
BB volta a ser eleito O Mais Sustentável do Mundo
 
AUXÍLIO BRASIL deverá injetar R$ 84 bilhões na Economia, no mínimo 19/01/2022
AUXÍLIO BRASIL deverá injetar R$ 84 bilhões na Economia, no mínimo
 
DÓLAR caiu para R$ 5,46 em 19.01. IBOVESPA, em dia de recuperação 19/01/2022
DÓLAR caiu para R$ 5,46 em 19.01. IBOVESPA, em dia de recuperação
 
AUXÍLIO BRASIL  começa a ser pago nesta terça-feira 18/01/2022
AUXÍLIO BRASIL começa a ser pago nesta terça-feira
 
CIRCUITO DE NEGÓCIOS AGRO BB oferece Crédito Itinerante a Pequenos Produtores 18/01/2022
CIRCUITO DE NEGÓCIOS AGRO BB oferece Crédito Itinerante a Pequenos Produtores
 
DÓLAR pressionado pela Fuga de Capitais. IBOVESPA sobe a 106.668 pts 18/01/2022
DÓLAR pressionado pela Fuga de Capitais. IBOVESPA sobe a 106.668 pts
 
RIO: Veja impactos da Variante Ômicron sobre Transportes e Serviços 17/01/2022
RIO: Veja impactos da Variante Ômicron sobre Transportes e Serviços
 
PRÉ-SAL - Petrobras atingiu Recorde de Produção no pré-sal em 2021 17/01/2022
PRÉ-SAL - Petrobras atingiu Recorde de Produção no pré-sal em 2021
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites