Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

15 de Fevereiro de 2021 as 14:02:48



PETRÓLEO & GÁS Distribuição de combustíveis Relatório Setorial Janeiro/2021



PETRÓLEO  & GÁS - Distribuição de combustíveis 
Relatório Setorial de Fevereiro/2021
Daniel Cobucci
cobucci@bb.com.br
Dados de mercado
Fonte: Bloomberg e BB Investimentos
 
Em janeiro, as ações do setor tiveram um mês de realização, exceto pela BR Distribuidora, que anunciou um novo CEO, e pela Braskem, que apresentou avanços na resolução da situação de Alagoas.
 
Notícias e dados de petróleo & gás
 
Janeiro
 
A Petrobras reportou números fracos de produção no 4T20, mas um excelente resultado para o ano de 2020. A companhia se manifestou sobre sua política de preços, afirmando que o prazo para reajustes é de até 12 meses.
 
Principais notícias do setor
 
A Petrobras reportou números fortes na produção de petróleo e gás natural no ano de 2020, atingindo um volume recorde, apesar dos fracos números no 4T20 (-9,1% t/t), que concentrou as paradas programadas que não puderam ser efetuadas no 2T20 e no 3T20 devido à pandemia. Os destaques para a maior produção foram 
 
(i)    o maior volume em plataformas do campo de Búzios (P-74, P-75, P76 e P-77); 
(ii)   o menor declínio de produção, em relação ao previsto, em campos como Tupi e Sapinhoá; 
(iii)  menor número de intervenções necessárias para combate à corrosão por CO2, um problema que já foi muito grave para a companhia no passado.
 
 A Petrobras comunicou, no último dia 07/02, informações sobre sua política de
preços. Por um lado, reafirma sua aderência aos preços do mercado internacional. Por outro, diz que desde junho/20, a referência de preços deixou de ser trimestral e passou a ser anual. Entendemos que tal medida reduz a  previsibilidade para os investidores, na medida em que possibilita descompasso entre os preços por períodos mais longos. Tal descompasso já é apontado pelo mercado e por associações de importadores, como por exemplo a ABICOM.
 
Em nosso entendimento, políticas anteriores com  ajustes diários eram muito radicais, mas o prazo de 12 meses nos soa como exagerado para o propósito de eliminar volatilidade. O tempo irá confirmar se a companhia segue de fato com uma política de preços que maximiza o retorno aos acionistas, ou se esse descompasso tem sido prejudicial. Na segunda hipótese, o mercado pode reprecificar as ações, pois já viu esse filme e sabe que esse tipo de situação não é favorável aos investidores.
 
BR Distribuidora anunciou novo CEO, enquanto a Braskem avançou com a resolução de seus problemas em Alagoas, com o retorno da planta de cloro-soda.
 
— A BR Distribuidora anunciou a contratação de Wilson Ferreira Jr. como novo CEO. O executivo possui larga experiência no segmento de energia, o que sugere possíveis expansões na atuação da empresa, trazendo uma saudável diversificação no portfólio e um olhar mais abrangente sobre a questão de transição energética.
 
A compra de 70% da Targus Energia, comercializadora de energia, bem como as declarações recentes da intenção de entrar no mercado de Gás Natural Liquefeito (GNL), corroboram essa visão.
 
Enquanto isso, a Petrobras segue firme na intenção de vender os 37% remanescentes na empresa, o que entendemos como potencialmente prejudicial no longo prazo, dado o potencial da BR neste contexto e os benefícios de uma diversificação no portfólio da Petrobras.
 
— A Braskem anunciou o retorno da produção de cloro-soda e dicloretano da sua planta de Maceió, Alagoas ("Planta de Cloro-soda"), paralisada desde maio de 2019.
 
A companhia concluiu o projeto para a produção de salmoura, utilizando sal importado do Chile como matéria-prima, permitindo a produção de forma integrada de PVC e soda cáustica. Entendemos o anúncio como positivo, apesar de esperar margens menores do que no passado, dados os custos de importação de matéria prima.
 
Ainda precisamos de mais informações para fazer uma estimativa mais precisa dessa dinâmica, o que deve compor a próxima revisão de nosso modelo da companhia.  
 
Dados operacionais: distribuição de combustíveis
 
Em dezembro, as vendas de combustíveis líquidos apresentaram crescimento de 2% ante o ano anterior, o primeiro crescimento a/a desde o início da pandemia. Ainda assim, o ciclo otto (etanol+gasolina) segue em retração.
 
Volumes de vendas e market share
 
Em dezembro, os volumes vendidos tiveram o primeiro crescimento mensal desde março. No acumulado do ano, houve queda de 6,9%, com destaque negativo para as vendas de querosene de aviação (-49,2%) e de etanol (-14,6%), enquanto o diesel surpreendeu positivamente, com crescimento de 0,3%, o que sinaliza uma melhora na atividade econômica, já que a correlação do combustível e atividade é alta.
 
Em relação a market share, o maior ganho de participação ante o mês anterior foi dos postos “bandeira branca”. Ainda assim, quando observamos tendências, ao comparar as médias móveis dos últimos 6 meses, a BR Distribuidora tem se saído melhor do que os pares.
 
Dados operacionais: Vendas de combustíveis líquidos
 
Em dezembro, as vendas de gasolina se destacaram, apresentando crescimento de 15,1% ante o mês anterior, enquanto as vendas de diesel tiveram uma performance fraca, recuando 4,5%.
 
Confira no anexo a integra do relatório a respeito,
preparado por DANIEL COBUCCI, do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: DANIEL COBUCCI, do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
DÓLAR estável em R$ 5,551, em 20.02; e Bolsa cai com Realização de Lucros 20/04/2021
DÓLAR estável em R$ 5,551, em 20.02; e Bolsa cai com Realização de Lucros
 
GUIA DE AÇÕES - 16.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 17/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 16.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES - 15.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 15.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES - 14.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 15/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 14.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
PETRÓLEO & GÁS - Distribuição de Combustíveis - Relatório Setorial - Abril/2021 15/04/2021
PETRÓLEO & GÁS - Distribuição de Combustíveis - Relatório Setorial - Abril/2021
 
VIA VAREJO - Revisão de Preço Alvo das Ações - por Restrições ao Comércio Físico 15/04/2021
VIA VAREJO - Revisão de Preço Alvo das Ações - por Restrições ao Comércio Físico
 
VAREJO E SHOPPINGS - Dados do Mercado e Desempenho na bolsa B3 - Abril/2021 15/04/2021
VAREJO E SHOPPINGS - Dados do Mercado e Desempenho na bolsa B3 - Abril/2021
 
GUIA DE AÇÕES - 08.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 09/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 08.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES - 09.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 12/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 09.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES - 12.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 14/04/2021
GUIA DE AÇÕES - 12.04.2021: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites