Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

07 de Outubro de 2020 as 10:10:57



MERCADOS Abertura em 07.10 .2020: Indefinições Fiscais e BC devem ditar Rumo dos Negócios



Conexão Mercado - Abertura do Mercado
4ª feira, 07.10.2020
Roger Marçal, Gerente
Clara Cerqueira
Elifrancis Braga Almeida
do BB DIMEF Cenários Financeiros
 MERCADO EXTERNO
 
Animação de Trump em seu Twitter traz volatilidade nos mercados
 
► No exterior, após uma sessão de forte aversão risco gerada pela interrupção, por Trump, das negociações em torno do pacote fiscal, no mesmo dia em que Powell defendeu a necessidade de mais estímulos, os mercados amanheceram mais positivos. Isso se deve às inúmeras mensagens de Trump ao longo da madrugada que, de um modo geral, afirmaram que diversas medidas independentes do pacote seriam aprovadas.
 
► Dentre as declarações, Trump afirmou que o Congresso deve aprovar “imediatamente” US$ 25 bi de apoio às aéreas, US$ 135 bi a pequenas empresas e mais US$ 1,2 mil às famílias, via programas de proteção.
 
► Ainda nos EUA, o governo resolveu apoiar a FDA (agência que regula medicamentos e alimentos no país) em relação às mudanças nos critérios de avaliação para autorização de vacina contra a covid-19 no país.
 
► Sobre a orientação de Trump de suspender as negociações do pacote de estímulos, Mester, dirigente do Fed, disse que a notícia é decepcionante para a economia americana. Seguindo a mesma linha, Biden, candidato democrata à Casa Branca, acusou Trump de “dar as costas” aos americanos.
 
► Quanto à corrida presidencial, em pesquisa divulgada pela CNBC, Biden venceria Trump em seis estados-chave (swing states), após o debate presidencial e o diagnóstico de coronavírus de Trump.
 
►  No mundo corporativo, o comitê da Câmara concluiu que as big techs (Amazon, Apple, Facebook e Google) cometeram abuso de “poder de monopólio”. No relatório divulgado, os congressistas recomendaram reformas nas leis antitruste e defenderam reestruturações nas empresas.
 
►  Na Europa, foi divulgado a produção industrial da Alemanha que caiu 0,2% em agosto, o resultado decepcionou vindo muito abaixo das estimadas de alta de 1,5%.
 
►  Na agenda econômica, destaque para a divulgação da Ata da última reunião de política monetária do Fed e para os discursos de diversos dirigentes (Barkin, Bostic, Willians, Kashkari, Rosengren e Evans). No mais, teremos o relatório de perspectivas econômicas globais do FMI e o debate dos candidatos à vice dos EUA (22h).
 
► Diante do exposto, apesar da abertura mais positiva, acreditamos que o movimento não se sustente ao longo da sessão. A Ata do Fed e os dirigentes devem frisar a necessidade de estímulos fiscais para sustentar a melhora da economia. No mais, o desenrolar do processo eleitoral pode trazer entraves para a aprovação das medidas anunciadas por Trump ao longo da madrugada. A piora da pandemia na Europa e o receio de novas medidas restritivas tb ajudam a sustentar nosso cenário de cautela.
 
Expectativas para o dia
 
►  Dólar contra: Principais: Alta Emergentes: Alta
 
►  Taxas dos Treasuries: Queda Commodities: Queda Bolsas: Queda
 
 
MERCADO INTERNO
 
Indefinições fiscais e comentários de Campos Neto devem ditar o rumo dos negócios
 
► No Brasil, os mercados devem ser direcionados em parte pelo panorama global, enquanto aguardam novas informações na cena política e fiscal.
 
► Apesar do senador Márcio Bittar ter afirmado ontem que a proposta para o Renda Cidadã – novo programa social que o governo tenta criar para substituir o Bolsa Família – deve ficar pronta na semana que vem, a versão final do programa pode ficar somente para depois das eleições municipais, ampliando as incertezas na cena local.
 
► O governo quer incorporar dispositivos do Orçamento de Guerra no texto da PEC do Pacto Federativo para regulamentar regras fiscais em casos de calamidade. A medida pode dar respaldo para elevar gastos em 2021 caso haja necessidade. O texto definiria as situações em que esse recurso poderia ser usado pela equipe econômica.
 
►   O presidente do BC, Campos Neto, durante uma entrevista agora pela manhã defendeu que o controle fiscal é importante para garantir a imagem de credibilidade do Brasil no exterior. Além disso, afirmou que não há juro e inflação baixos com fiscal desorganizado e que o país precisa mostrar que tem disciplina fiscal para retomada dos investimentos estrangeiros. Ele mencionou que, mesmo antes da pandemia, o Brasil tinha situação fiscal grave e que o teto de gastos foi a âncora que permitiu o país gastar mais nesse ano.
 
► Campos Neto ao analisar movimentos mais recentes do câmbio no Brasil lembrou que a desvalorização do real incluiu o pagamento de dívidas em outros países dado a queda da Selic, um período com movimento global de desvalorização das moedas emergentes e a dúvida sobre a sustentabilidade fiscal.
 
►  Na agenda de indicadores, o IGP-DI de setembro desacelera a 3,30% ante uma alta de 3,87% em agosto, em linha com a mediana das expectativas.
 
Expectativas para o dia
 
► Dólar: Alta (em linha com as demais moedas emergentes + indefinições fiscais) -> Contraponto: possíveis atuações do BC + nível técnico.
 
► Juros: Alta (preocupações fiscais + alta do dólar + cenário externo) -> Contraponto: perspectiva de juros baixos + movimento técnico
 
► Ibovespa: Queda (segundo as bolsas globais + incertezas locais) -> Contraponto: ampla liquidez global + nível técnico
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, elaborado por Roger Marçal, Gerente, Clara Cerqueira, Elifrancis Braga Almeida, do BB DIMEC Cenários Financeiros.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Roger Marçal, Gerente, Clara Cerqueira, Elifrancis Braga Almeida, do BB DIMEC Cenários Financeiros





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 25/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 24.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 23/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 20.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países 21/11/2020
MARKET UPDATE Semanal de 14 a 20.11.2020 Dados Recentes da Atividade Econômica nos Principais Países
 
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 19.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 18.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO 17/11/2020
AZUL - Resultado no 3º trimestre/2020: NEUTRO
 
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 16/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise 17/11/2020
PERU busca 3º presidente em uma semana para tentar sair de crise
 
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 17/11/2020
GUIA DE AÇÕES, 16.11.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
CCR - Resultado 3º Trimestre /2020: FRACO 15/11/2020
CCR - Resultado 3º Trimestre /2020: FRACO
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites