Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

24 de Maio de 2020 as 23:05:55



BANCO INTER - Resultados no 1º Trimestre/2020: FRACO



BANCO INTER - Resultados no 1º Trimestre/2020
 
Árvore cada vez maior, mas nada de frutos
 
O Banco Inter divulgou na noite de 3ª feira, 19.05, o resultado do 1T20, que na nossa opinião foi fraco. Sob a ótica contábil houve prejuízo de R$ 8,5 milhões, uma reversão em comparação com os R$ 24,7 milhões de lucro no 4T19.
 
Na conciliação gerencial, no entanto, o resultado passa a ser um lucro de R$ 11 milhões. 
 
Apesar dos avanços operacionais capazes de encher os olhos e sustentar uma tese de crescimento, ainda vemos pouca desenvoltura na rentabilização da base de clientes.
 
Perspectiva. 
 
A crise provocada pelo coronavírus irá colocar à prova se a desenvoltura dos bancos digitais nativos irá superar a velha percepção de segurança atribuída a seus pares não-tão-digitais. Ao passo que o mundo migra para a nuvem na ascensão do pós-digital, os desafios que entendemos estarem no caminho do Inter de fato se mostram velhos conhecidos da indústria: a inadimplência (que no Inter já opera acima dos pares), que pode se agravar a depender da extensão e profundidade da crise, e a definitiva aceleração na conversão da crescente base de clientes em receitas mais consistentes, pouco provável de ser destravada esse ano.
 
Intermediação financeira. 
 
As receitas de crédito apresentaram crescimento em todos os segmentos, com destaque para Empresas, que cresceu mais de 100% no comparativo trimestral. A receita de aplicações financeiras foi o destaque negativo no trimestre, sofrendo revés com a marcação a mercado por conta da recente turbulência no mercado financeiro. 
 
Quanto às despesas, vimos crescimento superior às receitas no comparativo versus o 1T19, (mesmo se desconsiderado o efeito da marcação a mercado), principalmente por conta das despesas com PDD. Por conta desta dinâmica, o índice de eficiência sofreu piora, chegando a 87,8%, ante 64,3% no 4T19.
 
Day to day banking. 
 
As razões Custo de Servir por Cliente e Receita Média por Cliente (CTS e ARPU, respectivamente) seguiram em franco declínio, por conta do vigoroso crescimento de abertura de contas (4,9 milhões no 1T20 x 4,0 milhões no 4T19).
 
Apesar disso, na passagem do 4T19 para o 1T20, uma queda da ARPU (-19%) mais acentuada do que a da CTS (-11%) evidencia, em nossa visão, um descasamento entre o crescimento e a rentabilização da base.
 
Em contrapartida, observamos um forte crescimento dos depósitos à vista (+205% a/a), que impulsionaram receitas com float (+86% a/a), e também favoreceram a redução do custo de funding, o que consideramos positivo dado o momento atual.
 
Receitas de serviços. 
 
Apesar de números vigorosos de crescimento como
 
(i)    +13,6% t/t no volume de vendas no marketplace (iniciado em nov/19),
(ii)   +28% t/t no número de clientes investidores na Plataforma Aberta Inter (PAI), e crescimento nos recursos sob custódia e gestão (+9% t/t),
(iii)  seguros, com +43% t/t no número de segurados e +7% t/t no prêmio líquido, houve difusão na dinâmica das receitas de serviços.
 
Ao passo que receitas com seguros, floating e cartões cresceram significativamente (+14%, +10% e + 53% respectivamente), vimos declínio nas linhas ligadas a Investimentos (-27%), crédito (-27%) e conta digital (-1%). No agregado, as receitas recuaram 3,9% no trimestre. 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho do BANCO INTER no 1º trimestre/2020, elaborado por RAFAEL REIS e WESLEY BERNABE, CFA, ambos integrantes do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RAFAEL REIS e WESLEY BERNABE, CFA, ambos integrantes do BB Investimentos.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 15.07: IBOVESPA sobe 1,67% a 102.113, DÓLAR, a R$ 5,3763 15/07/2020
O MERCADO, 15.07: IBOVESPA sobe 1,67% a 102.113, DÓLAR, a R$ 5,3763
 
GUIA DE AÇÕES, 15.08: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 15/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 15.08: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 14.07: IBOVESPA se recupera e segue NY 14/07/2020
O MERCADO, 14.07: IBOVESPA se recupera e segue NY
 
GUIA DE AÇÕES, 14.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 14/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 14.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 13.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 13/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 13.07: IBOVESPA cai 1,33% a 98.697 pts por efeito da Covid-19 nos EUA 13/07/2020
O MERCADO, 13.07: IBOVESPA cai 1,33% a 98.697 pts por efeito da Covid-19 nos EUA
 
GUIA DE AÇÕES, 10.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 10/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 10.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 10.07: IBOVESPA retorna aos 100.000 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3213 10/07/2020
O MERCADO, 10.07: IBOVESPA retorna aos 100.000 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3213
 
GUIA DE AÇÕES, 09.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 10/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 09.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 08/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites