Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

21 de Fevereiro de 2020 as 23:02:27



B2W - Resultado no 4º trimestre/2019: POSITIVO



B2W - Resultados no 4º trimestre/2019
 
Positivo. Fim de um ciclo e início de um novo
 
Os resultados do B2W referentes ao 4T19 foram positivos. O ano de 2019 encerra um ciclo estratégico para a empresa (2017-2019), cujos objetivos eram acelerar o crescimento do marketplace e gerar caixa. Em nossa opinião, a B2W alcançou seus objetivos com sucesso. 
 
No final de 2019, a companhia apresentava um GMV de marketplace de R$ 12 bilhões (67% do total do GMV), ante R$ 2 bilhões no final de 2016, quando o ciclo estratégico começou.
 
Além disso, a empresa entregou uma evolução robusta na geração de caixa, a qual fechou 2019 em R$ 190 milhões, ante uma queima de caixa de R$ 1,6 bilhão em 2016.
 
Outperform 
 
Por esses motivos, e também levando em consideração nosso entendimento de que a B2W tem sido bem sucedida na implementação de seus ciclos estratégicos, mantemos a recomendação Outperform e nosso preço-alvo 20E em R$ 74,70.
 
Apesar de termos considerado que a companhia deveria contabilizar R$ 100 milhões em créditos fiscais neste trimestre, nossas estimativas levaram em consideração que esse valor seria reconhecido em "Outras receitas / despesas operacionais".
 
Dado que a B2W o reconheceu no decorrer do resultado, prejudicando a comparabilidade dos dados, decidimos analisar os dados reais vs estimados excluindo os efeitos do crédito tributário.
 
Nesse contexto, os resultados da B2W atingiram nossas expectativas em relação ao GMV total (-0,5% r/e) e receita líquida (+ 0,9% r/e).No entanto, dado que o GMV e a receita do marketplace vieram um pouco abaixo das nossas estimativas, a margem bruta terminou 0,6 p.p. inferior r/e. Quanto à margem EBITDA ajustada e à margem líquida, elas vieram conforme o esperado (ambas +0,1 p.p. r/e), compensando a margem bruta um pouco menor devido à receita líquida mais favorável.
 
Na comparação anual, destacamos o crescimento robusto do GMV total (+ 30,9% a/a), com o 1P mostrando recuperação ao longo do ano e ajudando os resultados do quarto trimestre com um crescimento de 9,2% a/a. Nesse sentido, a receita líquida atingiu R$ 2,2 bilhões, um aumento de 12,2% a/a, enquanto a margem bruta atingiu 32,8%, um aumento expressivo de 4,9 p.p. a/a, favorecido pela maior participação da receita do marketplace. 
 
Também vale mencionar o ganho de alavancagem operacional decorrente de maiores receitas, o que levou a margem EBITDA ajustada a crescer 0,9 p.p. a/a e atingir 11,5%. Quanto à margem líquida, embora ainda negativa, ela apresentou uma melhora de 2,5 p.p. a/a, auxiliado por menores despesas financeiras. A companhia também apresentou evoluções em sua geração de caixa, que totalizaram R$ 479,3 milhões neste trimestre (ante R$ 214,7 milhões no mesmo período do ano anterior).
 
Em 2020, a B2W está iniciando um novo ciclo estratégico, focado em continuar a acelerar o GMV e gerar caixa. Considerando todos os investimentos e projetos em andamento, como 'Ame Digital', 'B2W Entregas' e 'Ame Flash', esperamos observar, nos próximos anos, importantes avanços em termos de: 
 
(i)    redução do leadtime, 
(ii)   aumento da lealdade e do engajamento do cliente e 
(iii)  aumento da frequência de compra e do sortimento de produtos, que juntos devem contribuir para o alcance das metas estabelecidas pela companhia.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório sobre o desempenho da B2W no 4ª trimestre/2019, elaborado por GEORGIA JORGE, integrante do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: GEORGIA JORGE, integrante do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.03 Avalie se convém Investir 27/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 27.03: IBOVESPA cai 5,51% a 73.428 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,106 27/03/2020
O MERCADO, 27.03: IBOVESPA cai 5,51% a 73.428 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,106
 
VIA VAREJO - Resultado no 4º trimestre/2019: POSITIVO 27/03/2020
VIA VAREJO - Resultado no 4º trimestre/2019: POSITIVO
 
JBS  Resultado no 4º Trimestre /2019  ROBUSTO, POSITIVO 27/03/2020
JBS Resultado no 4º Trimestre /2019 ROBUSTO, POSITIVO
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 26.03 Avalie se convém Investir 26/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 26.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 26.03: IBOVESPA sobe 3,67% a 77.709 pts DÓLAR caiu a R$ 4,998 26/03/2020
O MERCADO, 26.03: IBOVESPA sobe 3,67% a 77.709 pts DÓLAR caiu a R$ 4,998
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 25.03 Avalie se convém Investir 25/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 25.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 25.03: IBOVESPA sobe 7,5% a 74.955 pts DÓLAR cai R$ 5,032 25/03/2020
O MERCADO, 25.03: IBOVESPA sobe 7,5% a 74.955 pts DÓLAR cai R$ 5,032
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.03 Avalie se convém Investir 25/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 24.03: IBOVESPA sobe 9,69% a 69.729 pts DÓLAR cai a R$ 5,082 25/03/2020
O MERCADO, 24.03: IBOVESPA sobe 9,69% a 69.729 pts DÓLAR cai a R$ 5,082
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites