Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

13 de Dezembro de 2019 as 16:12:10



RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures, em 12.12.2019



RENDA FIXA - Mercado Secundário de Debêntures, CRA e CRI em 12/12/2019
 
A antecipação do sinal otimista pelo CDS Brasil se desdobra em fluxos crescentes e preços em alta nos principais mercados, juntamente com as primeiras sinalizações positivas para o rating soberano brasileiro
 
Cenário
 
Em semana de cautela, no aguardo das decisões de política monetária nos EUA e no Brasil, o cenário interno retoma a atratividade perante os investidores, em linha com a sinalização anterior, emitida pelo comportamento favorável do CDS brasileiro, ponderada no último estudo, e com novos dados positivos de atividade econômica. Com isso, tanto a Bolsa quanto a renda fixa registraram volumes elevados de negociação e tendências de alta nos preços de seus ativos.
 
Ao mesmo tempo, juntamente com a efetiva redução da taxa Selic nesta semana, para inéditos 4,5%, o mercado assimila as primeiras sinalizações de perspectiva positiva para o rating soberano brasileiro, pela S&P, e para algumas das empresas mais representativas da economia nacional.
 
Como resultado, a despeito da forte saída de recursos estrangeiros da Bolsa, as novas projeções de mercado para alta do PIB, incremento das vendas no varejo e juros enfraquecidos convergem para o início de um novo ciclo otimista nos principais mercados domésticos.
 
Debêntures no Secundário
 
Após um momento de reavaliação de cenários, o otimismo retorna à negociação secundária de dívida privada, refletindo-se em uma forte retomada do volume financeiro e da quantidade de séries negociadas nos últimos dias, ao tempo em que os seus yields praticamente não se alteraram e os preços dos papéis se sustentam em alta.
 
De fato, em base diária, o volume médio apresentou expressivos 60% de incremento entre novembro e dezembro, diferentemente do que ocorreu no mesmo período do ano anterior.
 
Além disso, cabe destacar que a habitual movimentação conjunta entre os juros da NTN-B e os yields das debêntures não se materializou até o momento. Como é possível observar na estrutura da NTN-B, o rendimento médio da curva recuou de 2,42% para 2,35% na semana, mas o yield médio das 50 debêntures monitoradas praticamente não oscilou, mantendo-se em 3,21%. Por outro lado, os preços de 43 das 50 debêntures em análise se apresentam em alta (com variação conjunta de 0,4%), configurando o início de um cenário positivo. Mas, como sempre, a depender da necessária confirmação ao longo dos próximos dias, para se consolidar uma nova tendência de alta.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, preparado por RENATO ODO, CNPI-P 3058, renato.odo@bb.com.br, integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RENATO ODO, CNPI-P 3058, integrante do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 22.01: IBOVESPA sobe 1,17% a 118.391 pts, DÓLAR cai a R$ 4,175 23/01/2020
O MERCADO, 22.01: IBOVESPA sobe 1,17% a 118.391 pts, DÓLAR cai a R$ 4,175
 
O MERCADO, 21.01: IBOVESPA cai 1,54% a 117.026 pts DÓLAR sobe a R$ 4,205 22/01/2020
O MERCADO, 21.01: IBOVESPA cai 1,54% a 117.026 pts DÓLAR sobe a R$ 4,205
 
DÓLAR fecha no maior valor do ano: R$ 4,206 22/01/2020
DÓLAR fecha no maior valor do ano: R$ 4,206
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir 21/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir
 
MARKET UPDATE - Destaques na Economia - 17.01.2020 18/01/2020
MARKET UPDATE - Destaques na Economia - 17.01.2020
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir 18/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir
 
RENDA FIXA - O Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca do Retorno em 17.01.2010 18/01/2020
RENDA FIXA - O Mercado Secundário de Debêntures sob Ótíca do Retorno em 17.01.2010
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 16.01 Avalie se convém Investir 16/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 16.01 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 14.01: IBOVESPA sobe 0,26% a 117.632 pts. DÓLAR caiu 0,29% a R$ 4,129 14/01/2020
O MERCADO, 14.01: IBOVESPA sobe 0,26% a 117.632 pts. DÓLAR caiu 0,29% a R$ 4,129
 
O MERCADO, 15.01: IBOVESPA cai 1,04% a 116.414 pts. DÓLAR sobe 1,31% a R$ R$ 4,183 15/01/2020
O MERCADO, 15.01: IBOVESPA cai 1,04% a 116.414 pts. DÓLAR sobe 1,31% a R$ R$ 4,183
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites