Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Terça-Feira, Dia 03 de Dezembro de 2019 as 16:12:44



PIB cresceu 0,6% no 3º trimestre/2019



PIB avança 0,6% no 3º trimestre
 
Comentário. 
 
O PIB apresentou variação positiva de 0,6% no terceiro trimestre de 2019, na comparação com o trimestre anterior. O resultado veio acima da mediana das expectativas do mercado, que estava na casa de 0,4%. Na comparação com o mesmo trimestre de 2018, o crescimento foi de 1,2%, também acima da expectativa de 1,0% do mercado.
 
Pela ótica da oferta, a Agropecuária apresentou a maior alta (+1,3%) na comparação trimestral, seguida da Indústria (+0,8%). Já o setor de Serviços, que tem o maior peso no PIB, cresceu 0,4%. O IBGE ainda revisou o crescimento do PIB em 2018, de 1,1% para 1,3%, mesma taxa de crescimento apresentada em 2017.
 
Industria.
 
O crescimento da indústria foi bastante influenciado pelo crescimento de 12,0% na Indústria Extrativa, com destaque para o avanço na extração de petróleo. O subsetor de Construção também teve uma contribuição relevante, com alta de 1,3%, em linha com a tendência de recuperação do setor imobiliário. O destaque negativo ficou por conta da Indústria de transformação, que apresentou uma queda de 1,0%, impactada pela crise na Argentina.
 
Serviços.
 
Com um peso de cerca de dois terços do PIB, o setor de serviços registrou um crescimento de 0,4% com destaque para Atividades Financeiras (1,2%) e Comércio (1,1%). Apenas dois subsetores registraram queda na passagem trimestral; Transporte, armazenagem e correio (-0,1%) e Serviços públicos e seguridade social (-0,6%) 
 
Ótica da demanda. 
 
A Formação Bruta de Capital Fixo e o Consumo das Famílias puxaram a alta com avanços de 2,0% e 0,8%, respectivamente. 
 
Já o Consumo do Governo apresentou uma queda de 0,4%, reflexo da crise fiscal do setor público. Com relação ao setor externo, a desaceleração da economia mundial, bem como a crise na  Argentina contribuíram para a queda de 2,8% nas exportações. Por outro lado, as importações cresceram 2,9% na comparação trimestral.
 
Perspectivas para o próximo período.
 
Os números divulgados pelo IBGE mostraram um crescimento mais forte da economia no terceiro trimestre. Alguns fatores, como a ampliação do crédito ao consumidor e a liberação parcial do FGTS, devem contribuir  para a aceleração do crescimento ao longo dos próximos meses. 
 
A mediana das expectativas de mercado para o crescimento da economia no último trimestre deste ano, conforme dados do Banco Central, está na casa de 0,6%. Se confirmado este  crescimento, o carregamento estatístico (Carry Over) para o ano que vem seria da  ordem de 0,9%. Ou seja, admitindo-se que o PIB em 2020 permaneça estagnado no  mesmo nível do quarto trimestre deste ano, ainda assim, haveria um crescimento de 0,9% na comparação anual.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito preparado por HENRIQUE TOMAZ, CFA,  e  RICHARDI FERREIRA, CNPI, ambos integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HENRIQUE TOMAZ, CFA, e RICHARDI FERREIRA, CNPI, do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BC reduz para 5,62% sua estimativa de queda do PIB 2020 12/08/2020
BC reduz para 5,62% sua estimativa de queda do PIB 2020
 
DÓLAR fecha no maior nível com tensões entre EUA e China 10/08/2020
DÓLAR fecha no maior nível com tensões entre EUA e China
 
PRODUÇÃO DE VEÍCULOS cai 36% em julho 09/08/2020
PRODUÇÃO DE VEÍCULOS cai 36% em julho
 
POPULAÇÃO DESOCUPADA sobe para 12,4 Milhões, diz IBGE 08/08/2020
POPULAÇÃO DESOCUPADA sobe para 12,4 Milhões, diz IBGE
 
DIEESE - Custo da cesta básica caiu em 13 capitais 07/08/2020
DIEESE - Custo da cesta básica caiu em 13 capitais
 
DÓLAR fecha em Leve Alta 05/08/2020
DÓLAR fecha em Leve Alta
 
COPOM  Decisão sobre SELIC em 2,0% renova mínima histórica 05/08/2020
COPOM Decisão sobre SELIC em 2,0% renova mínima histórica
 
PRÉVIA COPOM - BC deve reduzir SELIC para 2,0%, antevê o BB-BI 05/08/2020
PRÉVIA COPOM - BC deve reduzir SELIC para 2,0%, antevê o BB-BI
 
BNDES contrata R$ 3,3 BI em Créditos para Empresas 01/08/2020
BNDES contrata R$ 3,3 BI em Créditos para Empresas
 
DÓLAR encerra Julho com maior queda mensal 31/07/2020
DÓLAR encerra Julho com maior queda mensal
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites