Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Meio Ambiente

16 de Novembro de 2019 as 18:11:37



DESASTRE AMBIENTAL - Manchas de óleo surgem no Delta do Rio Parnaíba, no Piauí



Ainda que descontínuas, as manchas de óleo já se estendem do Piaui ao Espírito Santo.
Na semana passada, o governo do estado do Rio preparou equipes conter manchas de petróleo quando chegarem.
O governo federal ainda não apresentou respostas
 
Novas manchas de óleo foram avistadas neste sábado, 16.11, na região do Delta do Rio Parnaíba, região na divisa entre os estados do Maranhão e Piauí. De acordo com a Capitania dos Portos local, homens da Marinha foram deslocados para a região a fim de verificar a quantidade do material e iniciar os trabalhos de limpeza das praias.
 
Segundo o IBAMA Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, o litoral do Piauí tem quatro pontos onde foram encontrados vestígios esparsos de óleo. O número consta no balanço mais recente divulgado pelo órgão, atualizado na 6ª feira, 15.11, às 12h.
 
Devido ao aparecimento das manchas, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (Semar) comunicou que toda a orla da Praia de Atalaia, localizada em Luís Correia, está imprópria para banho.
 
As manchas de óleo têm poluído o litoral do Nordeste brasileiro desde o início de setembro. Segundo a Polícia Federal (PF),  uma embarcação grega é suspeita de ter causado o derramamento de óleo, que já atingiu mais de 250 praias nordestinas brasileiras.  A embarcação grega teria atracado em 15 de julho na Venezuela, onde ficou por três dias antes de seguir para Singapura, via África do Sul.
 
As investigações contaram com a participação da Marinha, do Ministério Público Federal, do Ibama, da Agência Nacional do Petróleo, Universidade Federal da Bahia, Universidade de Brasília e Universidade Estadual do Ceará, além de uma empresa privada do ramo de geointeligência.
 
Dessa forma foi possível localizar a mancha inicial do óleo, a 700 km da costa brasileira (em águas internacionais), de extensão ainda não calculada. A partir da localização da mancha inicial, foi possível estimar que o derramamento deve ter ocorrido entre os dias 28 e 29 de julho. Fazendo uso de técnicas de geociência, foi possível chegar “ao único navio petroleiro que navegou pela área suspeita”, naquela data, segundo a PF.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Imagem de arquivo. Subtítulo da Redação JF.

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COP 25 Conferência do Clima finda sem unanimidade europeia 13/12/2019
COP 25 Conferência do Clima finda sem unanimidade europeia
 
COP 25 - Começa em Madri Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas 02/12/2019
COP 25 - Começa em Madri Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas
 
MUDANÇAS CLIMÁTICAS forçam 20 milhões por ano a deixarem suas casas 03/12/2019
MUDANÇAS CLIMÁTICAS forçam 20 milhões por ano a deixarem suas casas
 
Fragmentos de Óleo chegam ao litoral do Rio de Janeiro 24/11/2019
Fragmentos de Óleo chegam ao litoral do Rio de Janeiro
 
VAZAMENTO DE ÓLEO Governo do Rio preparou equipes técnicas 14/11/2019
VAZAMENTO DE ÓLEO Governo do Rio preparou equipes técnicas
 
DESASTRE AMBIENTAL - Manchas de óleo surgem no Delta do Rio Parnaíba, no Piauí 16/11/2019
DESASTRE AMBIENTAL - Manchas de óleo surgem no Delta do Rio Parnaíba, no Piauí
 
MAIS 4 NAVIOS GREGOS entre os Investigados por Vazamento de Óleo 06/11/2019
MAIS 4 NAVIOS GREGOS entre os Investigados por Vazamento de Óleo
 
Empresa grega é suspeita do vazamento de óleo, diz aPF 01/11/2019
Empresa grega é suspeita do vazamento de óleo, diz aPF
 
MANCHA DE ÓLEO tinha 200Km de extensão em seu Marco Zero 02/11/2019
MANCHA DE ÓLEO tinha 200Km de extensão em seu Marco Zero
 
ELEFANTES BRASIL Elefanta de circo chileno vem ao santuário na Chapada dos Guimarães 16/10/2019
ELEFANTES BRASIL Elefanta de circo chileno vem ao santuário na Chapada dos Guimarães
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites