Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Sexta-Feira, Dia 18 de Outubro de 2019 as 03:10:12



PETROBRAS apresenta resultados positivos no 3º trimestre



Petrobras divulga resultados positivos no terceiro trimestre
 
A Petrobras divulgou, nesta 5ª feira, 17.10, resultados operacionais positivos no terceiro trimestre deste ano. Segundo os dados anunciados pela companhia, houve crescimento da produção de óleo, gás líquido natural (GLN) e gás natural de 9,3% sobre o segundo trimestre do ano e aumento de 17% na produção do pré-sal, que representa hoje 60,4% de toda a produção de óleo no Brasil.
 
6 novas plataformas
 
O bom desempenho do pré-sal, segundo a Petrobras, deve-se ao aumento de produção de seis plataformas que entraram em produção em 2018 e 2019: P-74, P-75, P-76 e P-77, no campo de Búzios, e P-67 e P-69, no campo de Lula.
 
No refino, a Petrobras aumentou a produção de derivados em 2,9% comparado ao trimestre anterior, o que também contribuiu para a redução das importações, especialmente de gasolina e gás líquido de petróleo (GLP), por meio da maior utilização do parque de refino, que cresceu de 76% para 80%.
 
“As vendas de derivados aumentaram 3,5% comparado ao trimestre anterior, com destaque para o incremento nas vendas de diesel, que subiram 5,2%, impulsionadas pelo plantio da safra de grãos e pela atividade industrial. As vendas de GLP subiram 3,2% na comparação com o segundo trimestre deste ano”,
 
informou a companhia.
 
Data histórica
 
A empresa citou que em setembro completou 51 anos da produção do primeiro óleo da plataforma continental brasileira, a 8 km da costa de Aracaju, em lâmina d’água de 33 metros, que marcou o início da produção offshore no Brasil.
 
“Nove anos depois, em agosto de 1977, produzimos o primeiro óleo em Enchova, na Bacia de Campos, em lâmina d’água quatro vezes mais profunda, marcando o início da história de sucesso que teve continuidade com a descoberta dos campos gigantes nas décadas seguintes, até chegarmos à descoberta do pré-sal, que hoje representa 60,4% da produção de óleo do Brasil”,
 
informou a companhia.
 
Atualmente, há produção de petróleo em lâminas d’água cada vez mais profundas, superiores a 2.100 metros e a 300 km da costa. 


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
PETROBRAS reajusta o preço da Gasolina nas Refinarias: 2,8% 19/11/2019
PETROBRAS reajusta o preço da Gasolina nas Refinarias: 2,8%
 
IFI - Instituição do Senado estima redução da Dívida Pública a 80,7% do PIB 19/11/2019
IFI - Instituição do Senado estima redução da Dívida Pública a 80,7% do PIB
 
DÓLAR ultrapassa R$ 4,2, o maior valor desde criação do Real 19/11/2019
DÓLAR ultrapassa R$ 4,2, o maior valor desde criação do Real
 
POUPANÇA renderá menos que a Inflação ainda neste ano 18/11/2019
POUPANÇA renderá menos que a Inflação ainda neste ano
 
O MERCADO14.11: Ibovespa sobe 0,47% a 106.556 pts. Dolar sobe a R$ 4,193 15/11/2019
O MERCADO14.11: Ibovespa sobe 0,47% a 106.556 pts. Dolar sobe a R$ 4,193
 
PETROBRAS inicia produção no campo de Berbigão, na Bacia de Santos 15/11/2019
PETROBRAS inicia produção no campo de Berbigão, na Bacia de Santos
 
DÓLAR fecha no segundo maior valor desde criação do Real 15/11/2019
DÓLAR fecha no segundo maior valor desde criação do Real
 
AUTONOMIA DO BACEN segue para o Plenário do Senado com Urgência 12/11/2019
AUTONOMIA DO BACEN segue para o Plenário do Senado com Urgência
 
DÓLAR supera R$ 4,16 e fecha no maior valor em três semanas 09/11/2019
DÓLAR supera R$ 4,16 e fecha no maior valor em três semanas
 
O MERCADO, 08.11: Ibovespa cai 1,78% a 107.628 pts. Dólar a R$ 4,1680 (+1,86%) 08/11/2019
O MERCADO, 08.11: Ibovespa cai 1,78% a 107.628 pts. Dólar a R$ 4,1680 (+1,86%)
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites