Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

Sexta-Feira, Dia 11 de Outubro de 2019 as 03:10:43



PETRÓLEO Leilão Fora do Pré Sal arrecada R$ 8,9 BI: 12 lotes arrematados, dos 36



ANP promove Leilão Fora do Pré Sal e arrecada R$ 8,9 BI nesta 5ª feira
12 Lotes arrematados, dos 36 oferecidos:
10 em Campos, 02 em Santos
 
A 16ª Rodada de Licitações da ANP arrecadou R$ 8,915 bilhões em bônus de assinatura, nesta 5ª feira, 10.10. Foram arrematados 12 dos 36 blocos oferecidos para exploração e produção de petróleo e gás natural em regime de concessão, sendo 10 na Bacia de Campos. 
 
Ao todo, dez empresas diferentes compuseram as propostas vencedoras.
 
O ágio acumulado com as propostas apresentadas foi de 322% para o bônus de assinatura e de 390% para as unidades de trabalho do programa exploratório mínimo. Os contratos, que serão assinados em fevereiro de 2020, devem gerar um investimento de R$ 1,5 bilhão.
 
Bacia de Campos: arrematados 10 de 13 blocos
 
Considerados de elevado potencial, os blocos na Bacia de Campos atraíram consórcios e disputa de ofertas em alguns casos. Ao todo, 10 dos 13 blocos da bacia foram arrematados.
 
Petrobras não levou
 
Para o bloco C-M-541, com bônus de assinatura mínimo de mais de R$ 1,3 bilhão, um consórcio liderado pela Total e pela QPI e outro liderado pela Petrobras ofereceram mais de R$ 4 bilhões de bônus de assinatura.
 
Apesar do bônus oferecido por Petrobras e Equinor terem sido quase R$ 60 milhões maior, a Total, a QPI e a Petronas incluíram mil unidades de trabalho a mais no Programa Exploratório Mínimo (PEM) e arremataram o bloco.
 
Com a disputa, o primeiro setor da Bacia de Campos, o SC-AP4, arrecadou R$ 6,788 bilhões em bônus de assinatura, um valor 331% maior que o bônus de assinatura mínimo, diferença chamada de ágio.
 
No segundo setor leiloado na Bacia de Campos, o SC-AUP3, a disputa foi pelo bloco C-M-661, arrematado por um lance de R$ 1,115 bilhão oferecido pela Petronas, única empresa inscrita no leilão que ainda não tinha contratos para exploração e produção no Brasil. A proposta garantiu um ágio de 545,37% no setor.
 
O terceiro setor leiloado na Bacia de Campos, o SC-AUP4 também teve disputa por um dos blocos, e o consórcio entre a Shell, Chevron e QPI venceu oferecendo R$ 550 milhões de bônus de assinatura e 206 unidades de trabalho. Com ágio de 310%, o setor arrecadou quase R$ 600 milhões em bônus de assinatura.
 
Bacia de Santos
 
Apesar de também ser considerada de elevado potencial, a Bacia de Santos teve lances por apenas dois dos 11 blocos oferecidos. O ágio com os lances apresentados foi de 74,4%
 
Camamu-Almada e Jacuípe
 
As bacias de Camamu-Almada e Jacuípe, cujo leilão foi questionado pelo Ministério Público Federal na Bahia, não receberam propostas. Somadas, elas tinham sete blocos em uma área considerada de nova fronteira, onde há menos atividade exploratória.
 
Bacia de Pernambuco-Paraíba
 
Também classificada como de nova fronteira, a Bacia de Pernambuco-Paraíba não recebeu ofertas pelos seus cinco blocos.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
PETROBRAS reajusta o preço da Gasolina nas Refinarias: 2,8% 19/11/2019
PETROBRAS reajusta o preço da Gasolina nas Refinarias: 2,8%
 
IFI - Instituição do Senado estima redução da Dívida Pública a 80,7% do PIB 19/11/2019
IFI - Instituição do Senado estima redução da Dívida Pública a 80,7% do PIB
 
DÓLAR ultrapassa R$ 4,2, o maior valor desde criação do Real 19/11/2019
DÓLAR ultrapassa R$ 4,2, o maior valor desde criação do Real
 
POUPANÇA renderá menos que a Inflação ainda neste ano 18/11/2019
POUPANÇA renderá menos que a Inflação ainda neste ano
 
O MERCADO14.11: Ibovespa sobe 0,47% a 106.556 pts. Dolar sobe a R$ 4,193 15/11/2019
O MERCADO14.11: Ibovespa sobe 0,47% a 106.556 pts. Dolar sobe a R$ 4,193
 
PETROBRAS inicia produção no campo de Berbigão, na Bacia de Santos 15/11/2019
PETROBRAS inicia produção no campo de Berbigão, na Bacia de Santos
 
DÓLAR fecha no segundo maior valor desde criação do Real 15/11/2019
DÓLAR fecha no segundo maior valor desde criação do Real
 
AUTONOMIA DO BACEN segue para o Plenário do Senado com Urgência 12/11/2019
AUTONOMIA DO BACEN segue para o Plenário do Senado com Urgência
 
DÓLAR supera R$ 4,16 e fecha no maior valor em três semanas 09/11/2019
DÓLAR supera R$ 4,16 e fecha no maior valor em três semanas
 
O MERCADO, 08.11: Ibovespa cai 1,78% a 107.628 pts. Dólar a R$ 4,1680 (+1,86%) 08/11/2019
O MERCADO, 08.11: Ibovespa cai 1,78% a 107.628 pts. Dólar a R$ 4,1680 (+1,86%)
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites