Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

19 de Setembro de 2019 as 22:09:26



LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos



Lojas Americanas and B2W Digital
 
Parceria Ame e Linx
 
Na 4ª feira, 18.09, Lojas Americanas e B2W Digital divulgaram fato relevante informando que Ame Digital Brasil Ltda. ("Ame"), a plataforma de negócios móveis e de tecnologia dessas empresas, firmou contrato com a Linx S.A. para a integração de suas plataformas de pagamento.
 
Por meio dessa parceria, a Ame conectará sua carteira eletrônica ao sistema QR Code desenvolvido pela Linx. Esse sistema funciona como uma tecnologia integrada e foi desenvolvido para facilitar a liquidação e a reconciliação financeira dos pagamentos, permitindo que o varejista receba de diferentes carteiras eletrônicas. Nesse sentido, a plataforma Linx permitirá à Ame se conectar com mais de 65.000 varejistas que já usam esse sistema (atualmente, a Ame é aceita na rede da Lojas Americanas).
 
Em nossa opinião, essa parceria é positiva para a Ame Digital, pois permite que a aceitação de sua carteira eletrônica seja dimensionada com os varejistas, aumentando assim seu apelo com os consumidores. Atualmente, a Ame e a Linx estão em processo de implantação da solução e a conclusão está prevista para novembro, antes da sexta-feira negra.
 
Destacamos, no entanto, um ponto de atenção. Uma das vantagens dos pagamentos por carteira eletrônica consiste em reduzir os intermediários e os custos de transação, como o MDR pago pelos varejistas aos emissores de cartões de crédito.
 
As economias geradas pelos custos mais baixos são divididas entre o proprietário da carteira eletrônica, o varejista e o consumidor (reembolso), o que incentiva o aumento da aceitação desse tipo de pagamento.
 
Como a parceria observada entre a Ame Digital e a Linx traz novos intermediários para o jogo e uma taxa adequada pelos serviços prestados pelo intermediário, podemos observar um lucro abaixo do esperado que os varejistas e os consumidores poderiam obter, reduzindo o apelo a esse tipo de Forma de pagamento.
 
Em suma, esperamos que o investidor reaja positivamente ao anúncio, pelo que mantemos nossa classificação de desempenho superior tanto para BTOW3 quanto para LAME4.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório a respeito, preparado por GEORGIA JORGE, CNPI, Analista, integrante do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: GEORGIA JORGE, CNPI, Analista, integrante do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BANCO INTER - Resultados no 1º Trimestre/2020: FRACO 24/05/2020
BANCO INTER - Resultados no 1º Trimestre/2020: FRACO
 
GUIA DE AÇÕES, 22.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 23/05/2020
GUIA DE AÇÕES, 22.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 22.05: IBOVESPA cai 1,03% a 82.173 pts, DÓLAR estável em R$ 5,579 23/05/2020
O MERCADO, 22.05: IBOVESPA cai 1,03% a 82.173 pts, DÓLAR estável em R$ 5,579
 
LOJAS RENNER  -  Resultado no 1º trimestre /2020  FRACO. 22/05/2020
LOJAS RENNER - Resultado no 1º trimestre /2020 FRACO.
 
USIMINAS - Resultado no 1º trimestre/2020: POSITIVO. 22/05/2020
USIMINAS - Resultado no 1º trimestre/2020: POSITIVO.
 
GUIA DE AÇÕES, 21.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 21/05/2020
GUIA DE AÇÕES, 21.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 20.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 20/05/2020
GUIA DE AÇÕES, 20.05: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 21.05: IBOVESPA subiu 1,21% a 83.027 pts. DÓLAR caiu a R$ 5,581 21/05/2020
O MERCADO, 21.05: IBOVESPA subiu 1,21% a 83.027 pts. DÓLAR caiu a R$ 5,581
 
IOCHE MAXION - Resultado no 1º trimestre/2020: NEGATIVO. 21/05/2020
IOCHE MAXION - Resultado no 1º trimestre/2020: NEGATIVO.
 
CÂMBIO  Dólar cai a R$ 5,69 com pouca intervenção do BC no mercado 20/05/2020
CÂMBIO Dólar cai a R$ 5,69 com pouca intervenção do BC no mercado
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites