Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

30 de Outubro de 2018 as 10:43:56



CHINA ALERTA BOLSONARO: "Não há razões para o Trump-Tropical romper relações com a China"



Não há razões para o Trump-Tropical romper relações com a China
 
No reason for 'Tropical Trump' to disrupt relations with China:
China Daily editorial
 
 
O Jornal Franquia publica a seguir o editorial, em 30.11.2018, do jornal chinês CHINA DAILY, porta voz do governo da China quando quer enviar recados aos parceiros da China. O China Daily é publicado em inglês e tem edição impressa em Nova Iorquem, bem como está disponível no endereço a seguir:
 
Tradução a cabo da Redação do Jornal Franquia.
 
 
 
"Com Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil, prometendo mudanças radicais nas políticas interna e externa do país, tem havido alguma especulação sobre as perspectivas das relações China-Brasil.
 
"E não apenas as empresas chinesas que operam no Brasil, mas também as autoridades em Pequim, perguntarão: até que ponto o próximo líder do maior país da América Latina vai romper o relacionamento China-Brasil?
 
"É uma questão pertinente. Afinal, Bolsonaro é retratado por alguns como um "Trump Tropical", um direitista que não apenas endossa a agenda nacionalista do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas pode realmente copiar uma página do livro de estratégias de Trump. Ele prometeu evitar instituições internacionais multilaterais em favor de acordos bilaterais e prometeu transferir a embaixada brasileira em Israel para Jerusalém.
 
"Além disso, Bolsonaro soou menos que amigável para a China na campanha. Ele retratou a China como um predador que busca dominar setores-chave da economia brasileira.
 
"Portanto, não é de surpreender que as pessoas estejam se perguntando se Bolsonaro, tal como o presidente dos Estados Unidos, vai dar um golpe substancial no relacionamento China-Brasil, de outra forma próspero e mutuamente benéfico.
 
"Na verdade nós não confiamos na suposição das pessoas de que as promessas feitas na campanha eleitoral são apenas para a campanha. Ou que o Bolsonaro-Presidente vá engulir as palavras extremadas do Bolsonaro-Candidato.
 
"Ainda assim, nutrimos a sincera esperança de que, quando ele assumir a liderança da oitava maior economia do mundo, Bolsonaro tenha um olhar objetivo e racional sobre o estado das relações China-Brasil.
 
"Pois então ele estará ciente de que a China é o maior mercado de exportação do seu país, e fonte de superávit comercial. Mais importante, as duas economias são verdadeiramente complementares e dificilmente concorrentes.
 
"A maior parte do fornecimento brasileiro, principalmente de grãos e minerais, não só ajudou a alimentar o rápido crescimento da China, mas também apoiou o rápido crescimento do Brasil.
 
"Dumping-China, que Bolsonaro descreveu como um parceiro excepcional, pode servir a algum propósito político específico. Mas o custo econômico pode ser pesado para a economia brasileira, que acaba de sair de sua pior recessão na história.
 
"Embora Bolsonaro possa ter imitado o presidente dos EUA em ser franco e escandaloso para dominar a imaginação dos eleitores, não há nenhuma razão para ele copiar as políticas comerciais de Trump - como muitos de seus apoiadores apontaram."


Fonte: CHINA DAILY Editorial. Tradução Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
SUBMARINO ARGENTINO desaparecido foi 'implodido' 18/11/2018
SUBMARINO ARGENTINO desaparecido foi 'implodido'
 
NOVA BATATADA de Bolsonaro Põe em Cheque Atendimento Médico de 28 Milhões no País 14/11/2018
NOVA BATATADA de Bolsonaro Põe em Cheque Atendimento Médico de 28 Milhões no País
 
ELEIÇÕES EUA 2018  12/11/2018
ELEIÇÕES EUA 2018 "Estão tentando roubar duas grandes eleições na Flórida", diz TRUMP
 
Imprensa internacional avalia reflexos de eleições nos EUA 07/11/2018
Imprensa internacional avalia reflexos de eleições nos EUA
 
08/11/2017
Imprensa Internacional avalia reflexos de Eleições nos Estados Unidos
 
ELEIÇÕES NOS EUA Republicanos deverão ter maioria no Senado e Democratas na Câmara 07/11/2018
ELEIÇÕES NOS EUA Republicanos deverão ter maioria no Senado e Democratas na Câmara
 
CHINA Em Xangai Exposição de Importações responde à Guerra Comercial de Trump 07/11/2018
CHINA Em Xangai Exposição de Importações responde à Guerra Comercial de Trump
 
BATATADA EGÍPCIA de Bolsonauro compromete negócios brasileiros com Egito e Comunidade Árabe 05/11/2018
BATATADA EGÍPCIA de Bolsonauro compromete negócios brasileiros com Egito e Comunidade Árabe
 
EUA ELEIÇÕES Eleitores vão às urnas escolher novo Congresso e governadores 05/11/2018
EUA ELEIÇÕES Eleitores vão às urnas escolher novo Congresso e governadores
 
CHINA ALERTA BOLSONARO: 30/10/2018
CHINA ALERTA BOLSONARO: "Não há razões para o Trump-Tropical romper relações com a China"
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009