Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sábado, Dia 20 de Outubro de 2018 as 21:10:33



O MERCADO na 6ª feira: Ibovespa sobe 0,44%. Dólar cai a R$3,715



Diário de Mercado na 6ª feira, 19.10.2018
 
Após forte queda na véspera, Bolsa avança e fecha semana positiva
 
Comentário.
 
Depois de mergulhar mais de 2% na sessão de ontem, o Ibovespa não conseguiu sustentar os fortes ganhos da abertura, mas encerrou em alta (+0,44%), acumulando avanço de 1,57% na semana.
 
O ambiente externo seguiu desafiador, volátil, induziu oscilações no âmbito doméstico. No mercado de câmbio, o dólar fechou a semana em baixa, valendo R$ 3,7150. Já a curva de juros futuros variou entre a estabilidade e apenas ligeiros ajustes de alta. 
 
Ibovespa.
 
O índice abriu a sessão com firme alta, registrando a máxima intradiária na primeira hora de pregão, aos 84.954 pts (+1,32%) – refletindo bons sinais vindos do exterior.
 
Já durante a tarde, o Ibovespa renunciou boa parte dos ganhos, na esteira dos mercados acionários de NY, que desaceleravam em razão do noticiário político adverso por lá. Leve recuperação no fim fez o índice encerrar com novo avanço (+0,44%), puxado por Ambev e Petrobras. Na outra ponta, B3 e Gerdau recuaram.
 
O Ibovespa fechou aos 84.219 pts (+0,44%), acumulando alta de 1,57% na semana, 6,15% no mês, 10,23% no ano e 10,40% em 12 meses. O giro financeiro preliminar da Bovespa foi de R$ 11,9 bilhões, sendo cerca de R$ 11,5 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 17 (último dado disponível), houve saída líquida de capital estrangeiro em R$ 689,191 milhões da bolsa, acumulando agora saldo negativo em outubro de R$ 293,792 milhões. Em 2018, ainda há pequeno superávit de capital estrangeiro em R$ 807 mil.
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, a segunda prévia do IGP-M do mês de outubro apresentou variação de 0,97%, apontando uma desaceleração ante a última prévia do mês de setembro, que avançara 1,34%. Com o resultado, o índice registra alta de 10,88% em 12 meses. 
 
Já na noite de ontem (18), foram divulgados importantes dados da economia chinesa. O PIB chinês obteve um crescimento de 6,5% no 3T18, o crescimento foi 0,2% menor frente à leitura do 2T18 (6,7%) – ligeiramente abaixo do consenso (+6,6%).
 
A produção industrial chinesa desacelerou de 6,1% em agosto para 5,8% em setembro, e a produção acumulada no ano permaneceu praticamente estável e em linha com a projeção de 6.4%. As vendas no varejo foram a notícia positiva, alta de 9,2% no A/A ante 9,0% na leitura de agosto. 
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) fechou em queda nesta sexta-feira (-0,32%), com forte contribuição do exterior – acumulando perdas na semana de -1,62%. A divisa norte-americana perdeu força de maneira generalizada, especialmente ante as moedas emergentes.
 
O dólar findou cotado a R$ 3,7150 (-0,32%), acumulando queda de 8,27% no mês, já no ano, a divisa acumula ganhos de 12,07% e de 17,01% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco medido pelo CDS Brasil de 5 anos recuou a 216 pts, ante 219 pts da véspera.
 
Juros.
 
Os juros futuros encerraram a sessão regular praticamente estáveis, com ligeiro viés de alta em alguns dos contratos. A cautela foi o direcionador com um cenário externo volátil. O DI para janeiro de 2020 fechou em 7,55%, ante 7,54% de ontem. Já a taxa do DI para janeiro de 2025 encerrou com alta de 10,16% em relação 10,15 do dia anterior.  
 
Para semana que vem.
 
No Brasil, destaques para o IPCA-15 de outubro com divulgação na terça-feira (23) e para os dados de crédito do SFN na 6ª feira, 26.10. Ademais, a criação de vagas formais na economia (Caged) e os dados fiscais de arrecadação e o resultado primário do governo central, ambos referentes à setembro, serão publicados no decorrer da semana.
 
No exterior, ganham relevo os PMIs Manufatura de França, Alemanha, zona do euro e EUA, todos na 4ª feira, 24.10. Já na 5ª feira, 25.10, no BCE, haverá nova decisão sobre as taxas de juros e fechando a semana, na sexta-feira (26), a divulgação do PIB norte-americano estará no foco dos investidores.      
  
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 6ª feiram 19.10.2018, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, e RICARDO VIEITES, CNPI, ambos integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, e RICARDO VIEITES, CNPI, ambos integrantes do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
JBS  Resultados no 3º Trimestre/ 2018: Forte Geração de Caixa 17/11/2018
JBS Resultados no 3º Trimestre/ 2018: Forte Geração de Caixa
 
BANCO CENTRAL Sai ex-Diretor do ITAÚ, entra Diretor do Banco SANTANDER 17/11/2018
BANCO CENTRAL Sai ex-Diretor do ITAÚ, entra Diretor do Banco SANTANDER
 
MAHLE METAL LEVE Resultados no 3º trimestre/2018: Vendas Fortes 17/11/2018
MAHLE METAL LEVE Resultados no 3º trimestre/2018: Vendas Fortes
 
M DIAS BRANCO  Resultados do 3T18 e Atualização de Preços futuros das Ações 17/11/2018
M DIAS BRANCO Resultados do 3T18 e Atualização de Preços futuros das Ações
 
O MERCADO 6ª feira Ibovespa sobe 2,96% Dólar cai a R$ 3,738 17/11/2018
O MERCADO 6ª feira Ibovespa sobe 2,96% Dólar cai a R$ 3,738
 
O MERCADO 4ª feira: Ibovespa sobe 1,25% Dólar cai a R$ 3,783 14/11/2018
O MERCADO 4ª feira: Ibovespa sobe 1,25% Dólar cai a R$ 3,783
 
O MERCADO 2ª Feira: Ibovespa cai 0,14% a 85.524,7 pts. Dólar sobe a R$ 3,759 13/11/2018
O MERCADO 2ª Feira: Ibovespa cai 0,14% a 85.524,7 pts. Dólar sobe a R$ 3,759
 
O MERCADO 6ª feira: Ibovespa estável; Dólar cai R$ 3, 738 10/11/2018
O MERCADO 6ª feira: Ibovespa estável; Dólar cai R$ 3, 738
 
BRF - Resultado no 3º Trimestre/2018: Recuperação no Trimestre 10/11/2018
BRF - Resultado no 3º Trimestre/2018: Recuperação no Trimestre
 
O MERCADO 5ª feira: Ibovespa cai 2,39% a 85390 pts; Dólar sobe a R$ 3,747 08/11/2018
O MERCADO 5ª feira: Ibovespa cai 2,39% a 85390 pts; Dólar sobe a R$ 3,747
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009