Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

01 de Outubro de 2018 as 15:10:22



LEWANDOWSKY enfrenta FUX e reafirma sentença favorável à entrevista de LULA



E acusa Fux de censura à imprensa
 
 
Por volta das 15h30 desta 2ª feira, 01.10.2018, o ministro Ricardo Lewandowski, do STF Supremo Tribunal Federal, determinou à Justiça Federal do Paraná que cumpra a ordem de liberar a entrevista do ex-presidente Lula aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, da Rede Minas, e Mônica Bergamo, da TV Bandeirantes e do jornal Folha de São Paulo 
 
"...   Em face de todo o exposto, reafirmo a autoridade e vigência da decisão que proferi na presente Reclamação para determinar que seja franqueado, incontinenti, ao reclamante e à respectiva equipe técnica, acompanhada dos equipamentos necessários à captação de áudio, vídeo e fotojornalismo, o acesso ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a fim de que possam entrevistá-lo, caso seja de seu interesse, sob pena de configuração de crime de desobediência. com o imediato acionamento do Ministério Público para as providência cabíveis, servindo a presente decisão como mandado. Comunique-se ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, à Juíza Federal da 12ª Vara Federal de Curitiba/PR. Publique-se e intimem-se. Cumpra-se". 
 
afirmou Lewandowsky em sua sentença.
 
Na manhã desta 2ª feira, o ministro Lewandowski havia qualificado como "censura" a decisão do também ministro da Luiz Fux, na última 6ª feira, 28.09,  que impediu o ex-presidente Luis Inacio Lula da Silva, preso em Curitiba, de conceder entrevista ao jornal Folha de S.Paulo e ao jornalista Florestan Fernandes Jr, que havia sido autorizada por Lewandowsky em sentença de 27.09. 
 
Dias Toffoli, presidente do STF, anunciou, na manhã desta 2ª feira, que não pautaria no plenário da Corte o assunto antes do primeiro turno das eleições:
 
"Não vou pautar causas polêmicas nesse período. É o momento de o povo refletir e o povo votar",
 
disse o ministro Toffoli, em palestra a estudantes da Faculdade de Direito da USP.
 
Saliente-se que Luiz Fux proferiu sua sentença na condição de juiz singular, ainda que como presidente em exercício do STF, pois Toffoli ocupava a presidência da República interinamente, em razão de Temer ter viajado para Nova Iorque para participar da reunião da ONU.
 
Assim, em ataque à ilegalidade promovida pelo ministro do Fux, restou a Lewandowsky assumir a defesa de sua sentença anterior, proferida singularmente, favorável à concessão de entrevista do ex-presidente Lula aos jornalistas, da liberdade de imprensa e do direito de livre manifestação do ex-presidente. 
 
 
 
VEJA TAMBÉM
 


Fonte: Da Redação JF com informações de www.brasil247.com





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TARIFAS DE ÔNIBUS Justiça suspende aumento  em São Paulo 16/02/2019
TARIFAS DE ÔNIBUS Justiça suspende aumento em São Paulo
 
HOMOFOBIA  Celso de Mello admite Omissão do Congresso em não criminalizar 15/02/2019
HOMOFOBIA Celso de Mello admite Omissão do Congresso em não criminalizar
 
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bolsonaro aprova idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres 14/02/2019
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bolsonaro aprova idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres
 
BOLSONARO tem alta hospitalar e segue a Brasília 13/02/2019
BOLSONARO tem alta hospitalar e segue a Brasília
 
PREVIDÊNCIA - Texto da Reforma pronto, aguarda Bolsonaro 12/02/2019
PREVIDÊNCIA - Texto da Reforma pronto, aguarda Bolsonaro
 
EMBRAER - 181 jatos executivos e comerciais entreges em 2018 11/02/2019
EMBRAER - 181 jatos executivos e comerciais entreges em 2018
 
BOLSONARO quer que PF identifique responsáveis por Facada 10/02/2019
BOLSONARO quer que PF identifique responsáveis por Facada
 
Ministro da Saúde defende Educação Sexual nas Escolas 09/02/2019
Ministro da Saúde defende Educação Sexual nas Escolas
 
CT DO FLAMENGO  Prefeitura do Rio pediu interdição em 2017 09/02/2019
CT DO FLAMENGO Prefeitura do Rio pediu interdição em 2017
 
CARTEIRA DE TRABALHO VERDE E AMARELA Guedes defende a Redução de Direitos e Custos Trabalhistas 07/02/2019
CARTEIRA DE TRABALHO VERDE E AMARELA Guedes defende a Redução de Direitos e Custos Trabalhistas
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009