Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

09 de Maio de 2018 as 15:05:29



EMBRAER & BOEING Ministério Público quer proteção aos trabalhadores



MPT pede proteção a trabalhadores caso Embraer e Boeing fechem acordo
 
08/05/2018 - 21:26
Por Bruno Bochini
Repórter da Agência Brasil  São Paulo
 
 
O Ministério Público do Trabalho (MPT) recomendou, em notificação à Embraer e à Boeing Brasil Serviços Técnicos Aeronáuticos, que as empresas incluam, expressamente, salvaguardas trabalhistas em um eventual acordo comercial de venda da companhia brasileira para a estadunidense.
 
O MPT pede atenção especial para a manutenção dos empregos no Brasil,
 
“de modo a impedir que eventual decisão pela controladora sobre transferência de atividade econômica ao exterior resulte em demissões em massa.
 
“A eventual transferência para o exterior de tecnologia e de recursos humanos altamente qualificados, que o Brasil levou décadas para formar, com substancial uso de recursos públicos, inevitavelmente redundaria no comprometimento do patamar de empregos sediados no país”,
 
destaca o MPT.
 
A notificação também recomenda que as empresas prestem informação aos sindicatos que representam os empregados da Embraer quanto aos possíveis impactos das negociações em andamento e do acordo comercial que vier a ser firmado sobre o nível de emprego no Brasil. As empresas têm prazo de 15 dias para informar sobre o cumprimento da recomendação.
 
De acordo com o MPT, representantes dos sindicatos metalúrgicos de São José dos Campos e de Botucatu afirmaram em audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal que uma eventual união das empresas pode gerar riscos para os empregos de 18 mil funcionários.
 
Segundo o MPT, a Embraer foi convidada à audiência no Senado mas não enviou qualquer representante.
 
"Poderá não incluir" área de defesa ...
 
No último comunicado ao mercado sobre o assunto, em 12 de abril, a Embraer disse que eventual combinação de negócios com a Boeing poderá não incluir as atividades vinculadas à área de defesa e, possivelmente, à área de aviação executiva, que permaneceriam exclusivamente com a empresa brasileira.
 
A companhia reiterou que, em conjunto com o grupo de trabalho que inclui representantes do governo brasileiro, ambas ainda estão analisando possibilidades de viabilização da combinação de seus negócios.
 
“Não há garantia de que a referida combinação de negócios venha a se concretizar ou quando poderá ocorrer, nem tampouco que venha finalmente a guardar semelhança com os termos acima referidos. Quando e se definida a estrutura para combinação de negócios, sua eventual implementação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias”,
 
disse a Embraer.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação.





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
BARROSO vai relatar registro e impugnações contra candidatura de Lula 18/08/2018
BARROSO vai relatar registro e impugnações contra candidatura de Lula
 
TSE nega participação de LULA em debate na Rede TV nesta 6ª feira 17/08/2018
TSE nega participação de LULA em debate na Rede TV nesta 6ª feira
 
TSE Ministro Barroso confirmado relator de registro da candidatura de LULA 17/08/2018
TSE Ministro Barroso confirmado relator de registro da candidatura de LULA
 
MARINA e MEIRELLES pedem ao TSE registro de candidatura à Presidência 16/08/2018
MARINA e MEIRELLES pedem ao TSE registro de candidatura à Presidência
 
PT registra candidatura de LULA no TSE com apoio de milhares em caravana a Brasilia 16/08/2018
PT registra candidatura de LULA no TSE com apoio de milhares em caravana a Brasilia
 
CIRO GOMES Debates antes da Reforma Tributária e da Previdência 15/08/2018
CIRO GOMES Debates antes da Reforma Tributária e da Previdência
 
HADDAD Reverter a Oligopolização do Sistema Bancário é Prioridade 15/08/2018
HADDAD Reverter a Oligopolização do Sistema Bancário é Prioridade
 
STF Denúncias baseadas apenas em delação devem ser rejeitadas, decide a 2ª Turma 15/08/2018
STF Denúncias baseadas apenas em delação devem ser rejeitadas, decide a 2ª Turma
 
STF retira de MORO trecho de delação sobre LULA e MANTEGA 15/08/2018
STF retira de MORO trecho de delação sobre LULA e MANTEGA
 
STJ Ministro autoriza deputado a deixar prisão para se candidatar 15/08/2018
STJ Ministro autoriza deputado a deixar prisão para se candidatar
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009