Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

04 de Abril de 2018 as 20:04:24



INVESTIMENTOS - O Mercado na 4ª feira: Bolsa cai 0,31%, Dólar estável a R$ 3,340



Diário do Mercado na 4ª feira, 04.04.2018
 
Ibovespa recupera-se parcialmente de tombo e encerra perto da estabilidade 
 
 
Resumo.
 
Com o mercado ainda em compasso de espera pela clarificação do cenário eleitoral para 2018, a bolsa brasileira mostrou resiliência e quase apagou queda de mais de 2% que apresentava pela manhã.
 
O Ibovespa seguiu a virada dos mercados norte-americanos, não conseguindo repetir, entretanto, o bom desempenho em NY – com avanços de mais de 1%. A cautela deve seguir presente entre os investidores até que novas definições sejam sacramentadas.
 
O mercado de juros refletiu o calculado risco, enquanto o dólar encerrou praticamente “de lado”. 
 
 
Ibovespa.
 
À exemplo de seus pares norte-americanos, o índice doméstico sofreu forte desvalorização no início da sessão. A queda chegou a -2,1% na mínima, abaixo dos 83 mil pts - menor pontuação desde a primeira quinzena de fevereiro.
 
As bolsas de NY passaram a registrar vigorosa recuperação, enquanto o Ibovespa recuperou paulatinamente parte das perdas no decorrer do pregão.
 
 
O setor de bancos - exceto Santander – reverteu prejuízos e encerrou com valorização. Já Suzano e Klabin registraram fortes elevações. Por outro lado, Vale e Petrobras puxaram o índice para o terreno negativo.
 
O Ibovespa fechou aos 84.359 pts (-0,31%), acumulando -1,18% na semana (e no mês), +10,42% no ano e 28,27% em 12 meses. O giro preliminar da Bovespa foi de R$ 8,852 bilhões, sendo R$ 8,492 bilhões no mercado à vista.
 
 
 
Capitais Externos na Bolsa
 
Na 2ª feira, 02.04, último dado disponível, houve entrada líquida de capital estrangeiro na bolsa de R$ 128,868 milhões. No ano, o saldo é ligeiramente positivo em R$ 171,262 milhões.  
 
 
Agenda Econômica.
 
Nos EUA, houve a criação de 241 mil vagas de emprego no setor privado em março, ante geração de 246 mil (revisto de 235 mil) postos de trabalho em fevereiro – acima do consenso de 203 mil vagas. Já os pedidos de bens duráveis mantiveram-se praticamente estáveis em março.
 
Houve ligeira queda de 3,1% em janeiro para 3,0% em fevereiro. Na zona do euro, o núcleo do IPC variou +1,0% na comparação anual, igualando a leitura anterior e ligeiramente abaixo da projeção de 1,1%.        
 
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) principiou a sessão em firme alta, chegando a valer R$ 3,3660 na máxima do dia. A moeda não atingira este patamar desde maio de 2017, influenciada pelas incertezas em relação à possível guerra comercial entre EUA e China e pela opacidade do cenário eleitoral de 2018.
 
 
Não obstante, o real registrou gradual melhora durante a sessão e a divisa norte-americana encerrou estável, cotada a R$ 3,3400 (+0,06%). O dólar acumulou avanço de +1,12% na semana (e no mês), +0,75% no ano e +7,92% nos últimos 12 meses.
 
 
Risco País
 
O risco medido pelo CDS Brasil 5 anos subiu a 166 pts, ante 165 pts na véspera.
 
 
Juros.
 
As dúvidas decorrentes do cenário eleitoral e da tensão comercial no exterior permaneceram ditando o mercado de juros. A estrutura da curva teve leve inclinação, vide sessão anterior.
 
 
Os ajustes de alta mais significativos ocorreram nos vértices de médio e longo prazos, apesar de encerrarem com certa distância das máximas do dia.  
 
 
Para a 5ª feira:
 
Brasil: produção de veículos Anfavea, vendas de veículos Anfavea e exportações de veículos Anfavea;
EUA: novos pedidos seguro-desemprego, seguro-desemprego e balança comercial;
Europa: PMIs serviços e composto da Alemanha, França, Reino Unido e zona do euro.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 4ª feira, 04.04.2018, elaborado por RICARDO VIEITES, CNPI, e RAFAEL FREDA REIS, CNPI-P, ambos integrantes da equipe do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RICARDO VIEITES, CNPI, e RAFAEL FREDA REIS, CNPI-P, ambos integrantes da equipe do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 6ª feira: Temor de Recessão fez Ibovespa sucumbir às Quedas das Bolsas em NY 08/12/2018
O MERCADO, 6ª feira: Temor de Recessão fez Ibovespa sucumbir às Quedas das Bolsas em NY
 
O MERCADO 5ª feira: Ibovespa fecha em 88.846 pts (-0,22%). Dólar sobe a R$ 3,880 06/12/2018
O MERCADO 5ª feira: Ibovespa fecha em 88.846 pts (-0,22%). Dólar sobe a R$ 3,880
 
PAPEL E CELULOSE - Análise do Desempenho das Empresas do Setor na Bolsa e Prognósticos 06/12/2018
PAPEL E CELULOSE - Análise do Desempenho das Empresas do Setor na Bolsa e Prognósticos
 
O MERCADO 4ª feira: Ibovespa sobe mesmo com baixa na Europa e NY 06/12/2018
O MERCADO 4ª feira: Ibovespa sobe mesmo com baixa na Europa e NY
 
O MERCADO na 3ª feira: Baixa Global por Temores de Recessão nos EUA 05/12/2018
O MERCADO na 3ª feira: Baixa Global por Temores de Recessão nos EUA
 
ULTRAPAR Resultado no 3º Trimestre/2018: Neutro. Alguma Recuperação a Caminho 04/12/2018
ULTRAPAR Resultado no 3º Trimestre/2018: Neutro. Alguma Recuperação a Caminho
 
TAESA Resultado no 3ºTrimestre /2018 Queda da Receita Líquida, Alavancagem Estável 04/12/2018
TAESA Resultado no 3ºTrimestre /2018 Queda da Receita Líquida, Alavancagem Estável
 
CNS   Resultado no 3º trimestre / 2018: Positivo 04/12/2018
CNS Resultado no 3º trimestre / 2018: Positivo
 
O MERCADO na 2ª feira: Trégua na Guerra Comercial favorece Novo Recorde do Ibovespa 04/12/2018
O MERCADO na 2ª feira: Trégua na Guerra Comercial favorece Novo Recorde do Ibovespa
 
GUIA DE AÇÕES  Conheça aqui as cotações de 30.11. Programe seu Investimento  01/12/2018
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 30.11. Programe seu Investimento
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009