Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

10 de Setembro de 2012 as 12:09:02



PROGEREN - Linha de Capital de Giro do BNDES, record na liberação de recursos pelo BB: R$2,3 bilhões em ago/2012



 

BB REGISTRA DESEMBOLSO RECORDE EM LINHA DE CAPITAL DE GIRO COM RECURSOS DO BNDES
 
 
BNDES Capital de Giro Progeren atingiu R$ 2,336 bilhões em agosto, crescimento de mais de 400% em relação ao mesmo período de 2011.
 
 
BRASÍLIA – No período de janeiro a agosto de 2012, as liberações da linha de crédito BNDES Capital de Giro Progeren totalizaram R$ 2,336 bilhões, incremento de 435% em relação ao mesmo período de 2011, quando foram desembolsados R$ 436,5 milhões. A quantidade de liberações também aumentou em 22,2%, passando de 4,5 mil em 2011 para 5,5 mil em agosto deste ano.
 
A linha de crédito é priorizada no BOMPRATODOS, estratégia que promoveu, recentemente, a quarta redução das taxas de juros no empréstimo. Para as micro e pequenas empresas, a taxa mínima passou de 0,64% para 0,60% ao mês e a taxa máxima de 0,80% para 0,76% ao mês, representando diminuição de 37,5% e 39% nos juros mínimos e máximos, respectivamente, desde abril de 2012. 
 
O produto conta com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), integrando o Programa de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade de Geração de Emprego e Renda (BNDES Progeren), que se destina a aumentar a produção, o emprego e a massa salarial no País.
 
A última circular do Banco de Desenvolvimento ampliou novamente os setores beneficiados pelo Programa BNDES Progeren, passando a contemplar também as empresas dos setores de laticínios, de fabricação de baterias e acumuladores para veículos automotores e de cooperativas. 
 
O prazo de pagamento da linha permanece em até 36 meses, incluído o período de carência de até 12 meses. O piso da linha é de R$ 20 mil e o teto é de R$ 20 milhões por beneficiário para as micro, pequenas e médias empresas. Já para as grandes empresas o teto pode chegar a R$ 50 milhões. 
 
O programa do BNDES tem vigência até 31 de dezembro de 2012 com orçamento disponível de R$ 14 bilhões, no qual R$ 11 bilhões são destinados às MPE e R$ 3 bilhões para as médias e grandes empresas.  
 
Para Osmar Dias, Vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas,
 
“os valores desembolsados refletem o esforço do BB em empreender esforços conjuntos com o Governo Federal para fomentar investimentos no Brasil, contribuindo para o crescimento do segmento de micro e pequenas empresas.”
 
O Vice-presidente de Atacado, Negócios Internacionais e Private Bank, Paulo Rogério Caffarelli, ressalta que “ao oferecer uma linha de capital de giro em condições atrativas para as empresas brasileiras o Banco do Brasil beneficia toda a cadeia produtiva, pois permite a ampliação de prazos de recebimentos e pagamentos entre clientes e fornecedores, liberando capital próprio para novos investimentos.".
 
Fontes:
Osmar Dias
Vice-Presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil
 
Paulo Rogério Caffarelli
Vice-Presidente de Atacado, Negócios Internacionais e Private Bank do Banco do Brasil
 

 



Fonte: BB Assessoria de Imprensa





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
SIMPLES NACIONAL revoga exclusão de 14 profissões de lista do MEI 12/12/2019
SIMPLES NACIONAL revoga exclusão de 14 profissões de lista do MEI
 
SELIC  Copom reduz a 4,5% a taxa básica de juros 12/12/2019
SELIC Copom reduz a 4,5% a taxa básica de juros
 
SELIC - Prévia COPOM: BC deve reduzir Selic para 4,5% 11/12/2019
SELIC - Prévia COPOM: BC deve reduzir Selic para 4,5%
 
RECEITA FEDERAL 700 mil contribuintes caíram na MALHA FINA 09/12/2019
RECEITA FEDERAL 700 mil contribuintes caíram na MALHA FINA
 
INFLAÇÃO acelera no fim do ano 08/12/2019
INFLAÇÃO acelera no fim do ano
 
MARKET UPDATE - Principais destaques da semana: 30.11 a 06.12.2019 07/12/2019
MARKET UPDATE - Principais destaques da semana: 30.11 a 06.12.2019
 
ENDIVIDAMENTO das Famílias sobe para 65,1% 05/12/2019
ENDIVIDAMENTO das Famílias sobe para 65,1%
 
PIB - Analista diz que alta do PIB ainda não reflete recuperação total 03/12/2019
PIB - Analista diz que alta do PIB ainda não reflete recuperação total
 
PIB cresceu 0,6% no 3º trimestre/2019 03/12/2019
PIB cresceu 0,6% no 3º trimestre/2019
 
CARNE - Preço dispara e atinge nível recorde em 30 anos 03/12/2019
CARNE - Preço dispara e atinge nível recorde em 30 anos
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites