Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

05 de Setembro de 2012 as 00:09:42



NORDESTE - Óleo e gás estimulam crescimento da Região



 

 

Com a perspectiva de instalação de três refinarias na região Nordeste do País, as oportunidades que se abrem nos próximos anos para a área de petróleo e gás são bastante positivas.

 

Quando estiverem funcionando em pleno vapor, essas refinarias vão gerar milhares de empregos que terão reflexos diretamente no crescimento e desenvolvimento local e ampliarão o status dos Estados beneficiados ante o no cenário nacional. Com estas novas unidades, e também a do Comperj (em Itaboraí, no Rio de Janeiro, no Sudeste), o Brasil dará um grande salto no setor, com o aumento significativo da sua capacidade de refino.

Diante desse cenário tão promissor, começam a surgir obstáculos que precisam ser superados para que os projetos sejam aplicados na prática. E um dos requerem maior preocupação diz respeito à capacitação de mão de obra, não só para operar essas megaestruturas, mas também para colocá-las em pé. A carência de profissionais tem obrigado as empresas a buscar especialistas em setores afins, e até importá-los.

A primeira a enfrentar a tarefa foi a Refinaria Abreu e Lima, localizada no Complexo de Suape, em Recife, que já conseguiu concluir quase 70% das obras.

 

A falta de mão de obra especializada e de qualificação adequada também atinge outros Estados da região Nordeste, onde está prevista a construção de duas refinarias: a Premium I,  em Bacabeira, no Maranhão; e a Premium II, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), no Ceará. Para se ter uma ideia da dimensão do desafio, a refinaria do Maranhão está projetada para ser a maior do Brasil e a quinta maior do mundo.

Juntas, as três vão gerar milhares de vagas de trabalho que serão ofertadas não só por elas, mas também pela cadeia de suprimento.  As oportunidades vão depender da formação do profissional que poderá atuar no transporte, refino e atividades afins.

Buscando ampliar a oportunidade de acesso à capacitação profissional, algumas iniciativas já estão sendo apresentadas.

 

No Maranhão, foi firmado convênio a Petrobras e o Senai  para a implantação de cursos na área construção civil na região.

 

Já no Ceará, foram abertas 212 vagas e estão previstas mais 3.500 pelo Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural).

 

Maranhão e Pernambuco também foram incluídos na última seleção pública do Prominp.

 

Já as universidades da região Nordeste também estão se mostrando preocupadas com a questão. Um deles é o Instituto Federal do Ceará que está oferecendo formação técnica em Eletrotécnica, Metalúrgica e Petroquímica e superior em Engenharia de Energia e Meio Ambiente.

Esse é o momento de a região Nordeste aproveitar as oportunidades que estão surgindo e investir pesado em qualificação e valorização do seu profissional o que, com certeza, dará bons frutos no futuro. 

 



Fonte: João Alberto da Silva Neto, para o FIEC on Line (sócio da KPMG no Brasil, responsável pelos escritórios da firma na região Nordeste)





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COMÉRCIO VAREJISTA cresce 13,9% em maio 09/07/2020
COMÉRCIO VAREJISTA cresce 13,9% em maio
 
PETROBRAS anuncia reajuste de 5% para Gasolina nas Refinarias 08/07/2020
PETROBRAS anuncia reajuste de 5% para Gasolina nas Refinarias
 
DÓLAR sobe 0,63% a R$ 5,386 08/07/2020
DÓLAR sobe 0,63% a R$ 5,386
 
BOLSA sobe 2,24% e DÓLAR sobe a R$ 5,352 nesta 2ª feira 06/07/2020
BOLSA sobe 2,24% e DÓLAR sobe a R$ 5,352 nesta 2ª feira
 
BNDES disponibiliza R$ 5 BI para micro, pequenas e médias empresas 06/07/2020
BNDES disponibiliza R$ 5 BI para micro, pequenas e médias empresas
 
IR - Pouco mais de 1 milhão de Declarações do IR caíram na malha fina 01/07/2020
IR - Pouco mais de 1 milhão de Declarações do IR caíram na malha fina
 
AUXÍLIO EMERGENCIAL de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses 30/06/2020
AUXÍLIO EMERGENCIAL de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses
 
DESEMPREGO - 331,9 mil Trabalhadores Perderam Emprego em Maio 30/06/2020
DESEMPREGO - 331,9 mil Trabalhadores Perderam Emprego em Maio
 
SETOR FINANCEIRO - Relatório Setorial de Maio 2020 do BB-BI 29/06/2020
SETOR FINANCEIRO - Relatório Setorial de Maio 2020 do BB-BI
 
CÂMARA aprova Nova Linha de Crédito a Pequena e Média Empresas via BNDES 25/06/2020
CÂMARA aprova Nova Linha de Crédito a Pequena e Média Empresas via BNDES
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites