Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Artigos sobre Franchising e Mercados, Economia, Finanças e Gestão

24/04/2012 Terça-Feira, Dia 24 de Abril de 2012 as 03h:58
Atualizada dia:

28/06/2012

IMPOSTO DE RENDA – Dicas para Redução da carga tributária de franquias


IMPOSTO DE RENDA – Dicas para Redução da carga tributária de franquias

 

IR – Redução da carga tributária de franqueadoras e franqueadas

 

  

Reduzir os impostos quase sempre é o objetivo de toda a empresa. No sistema do franchising, a realidade não é diferente: franqueadores e franqueados querem diminuir esta carga. Segundo a consultora Melitha Novoa Prado, consultora jurídica de varejo e franchising e autora do livro ‘Franchising Na Alegria e Na Tristeza’, isto é possível. “Aqui no escritório, temos realizado vários estudos para atingir este objetivo. E temos tido bastante êxito”.


. As empresas franqueadoras recolhem, por meio de sua receita de Royalties e Taxa Inicial de Franquia - ambas fixadas nos Contratos de Franchising - todos os impostos oriundos dessas operações. São eles: o PIS (Programa de Integração Social), o COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e o ISS (Imposto Sobre Serviços). Esses impostos, contribuições e taxas são pertinentes a qualquer empresa Franqueadora, independente do seu setor de atuação, cujo objetivo recai em melhorias sociais..

 

Para que o processo ocorra de forma transparente - sempre mantendo a idoneidade da Marca - esses valores (receita da franqueadora e valor do fundo de marketing) devem estar separados, até para não onerar a empresa franqueadora em cima de seu ganho efetivo em forma de tributos. Com esse Fundo constituído (sem fins lucrativos) - que serve apenas para a administração de toda a arrecadação da verba de marketing - é possível obter uma isenção tributária, além da prerrogativa da Franqueadora de incluir nesse fundo todas as despesas também com a equipe de Marketing.

.

Muitas empresas franqueadoras têm optado por essa forma de planejamento tributário que, além de facilitar a gestão dos investimentos em Marketing, ainda conseguem reduzir de forma significativa a incidência de impostos sobre um valor que não constitui fonte de renda.

 

“Além disso, elaborando-se um organograma com todas as etapas operacionais da empresa e seu fluxo financeiro, também é possível auxiliar as empresas a fazer uma previsão de redução de impostos de acordo com os diferentes regimes societários permitidos em cada caso. Dizem que tempo é dinheiro, mas investir em tempo para organizar a sua empresa só trará benefícios, inclusive na redução de gastos, reduzindo-os de forma lícita”,

afirma a advogada.

.

Para as empresas franqueadas também há meios de diminuir a carga tributária. Em muitos casos, estas empresas conseguem reduzir seus tributos se enquadrando no Simples Nacional (Sistema Unificado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e das Empresas de pequeno Porte). Assim, é possível obter uma menor carga tributária em relação aos demais regimes tributários. Essa prerrogativa só pode ser utilizada pela empresa Franqueada, observado cada caso, e nunca pela empresa Franqueadora, em razão do seu objeto social.

.

Sobre a Novoa Prado Consultoria - A Novoa Prado é uma empresa especializada em consultoria jurídica e de varejo. Sua diretora, Melitha Novoa Prado, é uma das maiores especialistas em questões jurídicas que envolvem redes de franquia, varejo e cadeias de negócios. Há mais de 20 anos, atende empresas franqueadoras e acompanha a evolução do sistema no Brasil e no mundo. A parte estratégica da consultoria de varejo fica por conta de Cristiane de Paula, consultora estratégica responsável por formatação, manualização e demais necessidades das empresas franqueadoras.

.

fonte: http://www.incorporativa.com.br/mostranews.php?id=8099

 Nota da Redação:  artigo reproduzido pela absoluta relevância, com o agradecimento público do Jornal Franquia

 



Fonte: Revista Incorporativa, 18.04.2012





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
10/11/2014
PENSAMENTO - Brasil tem três chaves da pós-modernidade, diz sociólogo francês
 
ARTIGO - Compromisso de exclusividade do Franqueado ao Franqueador - por Wilson R Correa 09/11/2014
ARTIGO - Compromisso de exclusividade do Franqueado ao Franqueador - por Wilson R Correa
 
ARTIGO - Franqueados enganados e a responsabilidade de contratar - pela Dra. Ana Cristina Von Jess 03/11/2014
ARTIGO - Franqueados enganados e a responsabilidade de contratar - pela Dra. Ana Cristina Von Jess
 
ARTIGO - SIMPLES NACIONAL, Alterações trazem benefícios aos micro e pequenos empresários - Dr. Janssen Murayama, adv 03/11/2014
ARTIGO - SIMPLES NACIONAL, Alterações trazem benefícios aos micro e pequenos empresários - Dr. Janssen Murayama, adv
 
ARTIGO - Franquia como aposentadoria: 5 cuidados a tomar.          pelo Dr. Haroldo Monteiro 16/10/2014
ARTIGO - Franquia como aposentadoria: 5 cuidados a tomar. pelo Dr. Haroldo Monteiro
 
ARTIGO - Franquias: Quem vai a campo ? - por Arlan Roque 08/10/2014
ARTIGO - Franquias: Quem vai a campo ? - por Arlan Roque
 
ARTIGO - Cuidados antes de tornar-se franqueado - Dr. Daniel Dezontini 22/09/2014
ARTIGO - Cuidados antes de tornar-se franqueado - Dr. Daniel Dezontini
 
ARTIGO - Varejo: Encolher para Sobreviver  -  por Dr. Haroldo Monteiro 15/09/2014
ARTIGO - Varejo: Encolher para Sobreviver - por Dr. Haroldo Monteiro
 
ARTIGO - O segredo nem sempre é sucesso - Dra. Ana Cristina Von Jess, adv 15/09/2014
ARTIGO - O segredo nem sempre é sucesso - Dra. Ana Cristina Von Jess, adv
 
06/09/2014
MARKETING - Spoletto em merchandising na Band
 
Facebook Jornal  Franquia Twitter Jornal  Franquia
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009